Quem sabe na terra do canguru

10:51 Net Esportes 1 Comments

MELBOURNE, AUSTRALIA - NOVEMBER 11: (EDITOR'S NOTE: This digital image has been converted to black and white) Tiger Woods of the USA walks to the first tee during day one of the Australian Masters at The Victoria Golf Club on November 11, 2010 in Melbourne, Australia. (Photo by Ryan Pierse/Getty Images)
Adam Bland, Daniel Gaunt e Alistair Presnell tem muito em comum. Os três praticam o mesmo esporte, nasceram no mesmo país e nessa semana estão disputando o mesmo torneio de golfe, e ele acontece justamente na terra natal do trio. Mais do que tudo isso conseguem a impressionante marca de 65 tacadas na primeira rodada do Masters de Golfe da Austrália, e assim dividem a primeira colocação do torneio. Junto com eles uma infinidade de jogadores nascidos no país do canguru, totalizando 114 competidores locais contra cinco 'intrusos', que são Do An da Coréia do Sul, Sergio Garcia da Espanha, Camilo Villegas da Colômbia, Jim Herman dos Estados Unidos e um outro que o mundo inteiro conhece muito bem, alguns pelo recente escândalo pessoal e outros pela sua célebre prática esportiva mesmo, o nome dele claro é Tiger Woods.

Nenhum título conquistado no ano de 2010 até agora. Tiger Woods já admitiu que está psicologicamente abalado com todos os problemas que viveu, já disse que está tentando ao máximo colocar a cabeça no lugar, mudar seu estilo de jogo, o swing e quem sabe conseguir voltar desta forma a fazer o que mais estava acostumado a fazer: ganhar tudo. Até o mais improvável aconteceu depois de 281 semanas, o jogador que já foi tantas vezes até considerado o melhor de todos os tempos perdeu a liderança no ranking para Lee Westwood que já a manteve por duas semanas consecutivas. A vida é realmente dura com quem erra e se para conseguir voltar a fazer o que sempre fazia for preciso ir para o outro lado do mundo que assim seja, na China a estratégia não deu muito certo, mas quem sabe em Malbourne esse objetivo finalmente seja alcançado.

Um total de 68 tacadas na última volta não é tão ruim assim, mas depois de ir mal nos outros dias não adianta nada. Em Xangai Woods terminou na sexta colocação só que ficou 13 tacadas atrás do grande campeão que foi Francesco Molinari, jogador que liderou toda a competição e finalizou sua participação com expressivas 19 tacadas abaixo do par. Para piorar a situação de Tiger o atual melhor do mundo, o atual líder do ranking ficou em segundo lugar, um resultado excelente para Westwood que manteve sua posição de honra no restrito mundo da bolinha branca que rola rumo aos pequenos buracos de greens perfeitos e bem cuidados ao extremo. Em cima deles aquele que já foi sinônimo da perfeição luta para voltar ao lugar que jamais gostaria de ter saído, os putts resultam em 'birdies' mas também em 'bogeys', é assim que funciona, esse é o único jeito de se fazer as coisas por aqui.
MELBOURNE, AUSTRALIA - NOVEMBER 11: Tiger Woods of the USA hits a tee shot during day one of the Australian Masters at The Victoria Golf Club on November 11, 2010 in Melbourne, Australia. (Photo by Ryan Pierse/Getty Images)
Os australianos lideram, os australianos estão no meio da classificação e tem muito australiano ocupando as últimas posições também. Ninguém quer ser como o sul-coreano que fez dez tacadas acima do par, e nem mesmo como o espanhol que já viveu melhores dias do que um volta de 73 tacadas. Villegas se segura com o par do campo mas seria bem melhor estar na pele de Herman que tem duas tacadas abaixo. Nas mesma situação está o centro das atrações no Victoria Golf Club, 69 tacadas em uma volta inicial é considerado por muitos um bom resultado, principalmente se aqueles jogadores que foram muito bem não conseguirem se manter fortes até o final. A luta de Tiger Woods por um título em 2010 e quem sabe a volta ao topo do ranking continua, e ele foi até o outro lado do mundo para ver se consegue fazer aquilo que não conseguiu fazer até agora. Talvez ele consiga, mas talvez ele tenha que adiar mais um pouco, parar de tentar certamente é algo que nem passa na sua cabeça. (Fotos: Ryan Pierse/Getty Images via PicApp)

1 comentários:

Torço pela recuperação do Woods... Ele eh um atleta diferenciado e n podemos negar isso...

O q aconteceu com ele atrapalha qualquer um... Foi um erro, mas creio q os torcedores ja o perdoaram...

Tomara q ele se saia bem na terra dos Cangurus pra levantar sua moral.