O dia que Folk foi mais Vinatieri

10:18 Net Esportes 3 Comments

Chutes potentes, precisos, certeiros e históricos. Assim é a vida do kicker Adam Vinatieri, talvez o maior chutador de todos os tempos na NFL. Ao longo da carreira são mais de 1600 pontos, um dos únicos sete jogadores que marcou mais de 500 pontos em dois times diferentes. Nunca alguém fez mais pontos em playoffs, são 167 em mais de 40 filed goals, nunca nenhum jogador acertou mais o Y invertido do que ele em Super Bowls, nada a menos que sete chutes, e muitos deles decisivos. Em 2002, 2004 e porque não em 2007 também, no total são quatro campeonatos e o chute da vitória em três deles, mas não um chute qualquer, um chute que vale a virada no placar, no último segundo e de uma distância que chegava até a 50 jardas, simplesmente espetacular.

O detalhe maior na carreira de Vinatieri é que ele não era decisivo apenas em Super Bowls, em decisão de título, pois ele conseguia salvar a pele do seu time mesmo que não estivesse atuando na grande final. Foi assim na semana 12 da temporada de 2008, jogando pelo Indianápolis Colts contra o San Diego Chargers, Vinatieri se redimia de um erro na temporada anterior contra o mesmo rival acertando um chute de 51 jardas para dar a vitória à sua equipe por 23 a 20. Com ele é assim mesmo, ele chuta ponto extra, chuta de meia distância, chuta de muito longe e quase nunca erra, como no duelo deste sábado válido pela primeira rodada dos playoffs de 2011 contra o New York Jets, field goal faltando 4min53s para o fim do terceiro quarto, field goal restando 4min37s para o fim do terceiro quarto e mais um, restando apenas 53s para o fim do jogo.

O que uma equipe pode fazer restando apenas 53s para o fim de uma partida onde o placar aponta um placar contra de 16 a 14? E além disso jogando no estádio do adversário, tendo feito apenas dois touchdowns na partida, nenhum deles no primeiro tempo do jogo, nenhum deles com passe do quarterback e ambos vindos das mãos de LaDainian Tomlinson que havia feito o impossível na noite. Para piorar tudo eles não tem Adam Vinatieri, eles não tem um kicker que pode acertar um field goal nos últimos segundos e decretar a vitória como já fez em tantas outras oportunidades. Cromartie consegue um ótimo retorno, Braylon Edwards sofre fumble mas recupera a bola e faz seus torcedores se recuperarem do grande susto, Mark Sanchez ignora a pressão e vai levando o time cada vez mais perto da end zone, cada vez mais perto da glória que agora está cada vez mais próxima de acontecer.

A distância é de 32 jardas, pela cabeça passa a história de uma longa temporada regular, com uma campanha que chegou a ser uma das três melhores do ano. Tudo não poderia ir por água abaixo assim tão facilmente, bom seria ter um Adam Vinatieri no banco para entrar e decretar sem qualquer dúvida a vitória, com um chute preciso porque o cronômetro já foi zerado, é vencer ou ir embora. Não tem Vinatieri, mas tem Nick Folk, que nesta noite só acertou chutes de pontos extras, que está com um peso enorme nas costas e uma pressão do tamanho do amor que a torcida de Nova York tem pela sua equipe. Ele entra em campo, corre até a bola como já correu tantas outras vezes, respira fundo e chuta a bola oval, que vai mais para o lado do que para o centro mas passa onde deveria passar. É o field goal da vitória dramática, da vitória inesquecível e emocionante, é o field goal do dia em que Nick Folk viveu seus momentos de Vinatieri.

3 comentários:

Assim como na vida, os atletas podem surprender...

SECRET FEELINGS disse...

eiii te seguindooo

se puder me seguir tbm :D

beijokas
niki
http://municklameri.blogspot.com/

Silvio disse...

Vinatieri é sinistro demais. O cara tem sangue de barata. Além de ser tecnicamente muito bom.