Nova York renova as esperanças

10:39 Net Esportes 7 Comments

O que ninguém conseguia entender era porque as duas equipes entraram em quadra com uniformes escuros. Será que o fabricante de camisas só conseguiu colocar o número sete com o nome de Anthony no uniforme azul? Será que um dia essa camisa número sete será aposentada como a seis de Tom Gola, ou a 19 de Willis Reed e claro a 33 de Patrick Ewing? Difícil ter certeza, pois a única certeza que se tem atualmente é que o torcedor do New York Knicks voltou a sorrir, voltou a ter uma esperança enorme que não tinha a dez anos, voltou sonhar com um título que não vem desde o começo dos anos 70 e literalemte vai depositar tudo isso nas costas do recém chegado Carmelo Anthony, o jogador que veio porque quis e que não decepcionou na sua estréia de gala.

As linhas amarelas até a rua 34 e principalmente as linhas vermelhas do metrô que rumam até a Penn Station estão lotadas. Todos querem ir até o Madison Square Guarden em uma noite especial onde uma grande estrela da NBA irá fazer a sua estréia diante do rival Milwaukee Bucks. Multidões lotaram o aeroporto JFK para ver o ídolo chegar, torcedores se penduraram em prédios, acompanharam em telões no meio da rua e fizeram a alegria dos cambistas na Sétima Avenida, próxima à Broadway, no coração da Big Apple. Os mais de 19 mil privilegiados que entrarma em uma das arenas mais famosas do planeta ficaram em pé pelo menos nos últimos dez minutos de jogo, o navaiorquino aplaudia efusivamente seu novo ídolo, que agora alimenta uma esperança de longos e intermináveis anos.

O negócio mais demorado e enrolado na NBA nos últimos anos acabou sendo realizado, e na visão de muitos especialistas saiu muito caro para o New York Knicks. Isso talvez seja um problema para o técnico Mike D'Antoni, que não era o mais empenhado em ver Carmelo Anthony com a camisa azul ou a branca que deve estar sendo confecionada com seu nome e o número sete, pois ele vai ter que quebrar a cabeça para encontrar um meio de colocá-lo em quadra de forma efetiva ao lado da outra grande estrela do time que chegou no início da temporada, Amar'e Stoudemire, um jogador que já vinha atraindo a boa média de público acima dos 18 mil espectadores por partida, e que vinha sendo quase sempre o cestinha nos jogos, fazendo até mais de 40 pontos em algumas oportunidades, mas que agora vai ter que dividir o espaço com outra grande estrela que chegou e deixou os fãs ainda mais euforicos.

Stoudemire ficou "só" nos 19 pontos e acabou sendo eliminado por faltas no finalzinho da partida. O Knicks não tem mais Raymond Felton nesse momento difícil, nem Danilo Gallinari e nem mesmo Timofey Mozgov, jovens que vinham atuando muito bem e mantendo a equipe rumo a um retorno aos playoffs nesta temporada. Mas a torcida em pé não irá se sentar por causa disso, não irá desanimar e nem mesmo temer o pior, pois agora Carmelo Anthony é um Knickerbockers e voltou para a casa. A nova estrela não chegou para ofuscar Amar'e Stoudemire e sim para somar, ainda mais contando com as excelentes assistências de Chauncey Billups que veio junto no pacotão. No final o torcedor foi embora mais do que satifeito, vendo seu novo ídolo marcar 27 pontos e tendo ainda mais certeza que se todos continuarem jogando com o mesmo entusiasmo e atmosfera que jogaram ontem o título pode ser conquistado novamente, e assim Nova York estará de volta ao topo do mundo.

7 comentários:

E que a NBA continue rendendo espetáculos para o deleite dos torcedores e apreciadores de jogos de qualidade.

MikaelMoraes disse...

ahhhhh seu blog é show
seu tópico ficou bem legal também
muito bom msm, parabéns
<>
visite-nos e comente tmbm
gostando siga e avise que retribuiremos
se seguir deixe o aviso no comentário
deixando o seu link para retribuirmos
<>
grato
<>
http://mikaelmoraes.blogspot.com

Amei seu blog, muto interessante!

Ron Groo disse...

Enquanto isto em Utah... Nada acontece com o Jazz...

Net Esportes disse...

@Ron Groo: Pior Groo, o Jazz perdeu Deron Williams para o Nets ....

Jean Francisco disse...

Continuo confiante de que as emoções só estão aumentando e que na hora H, os "grandes",rsrsrs, ou melhor, os mais tradicionais vão manter a escrita.
Forte abraço.
Jean Francisco
esportday.blogspot.com

Net Esportes disse...

@Jean: Ontem Denver sem Carmelo ganhou do Boston, e o Bulls passou pelo badalado Heat .... emoção é pouco !!!!