Mais um Super Bowl gelado

08:55 Net Esportes 0 Comments

Parece até o dia 31 de dezembro de 1967, sim, o último dia do ano por incrível que possa parecer. E não era um dia de reveillon qualquer, era um adeus ao ano velho de forma muito esportiva. Assim como no Brasil tem a corrida de São Silvestre, nos Estados Unidos tinha a final do Futebol Americano. Hoje a decisão da NFL não acontece mais no dia que encerra o ano, será no próximo domingo, 6 de fevereiro, mas alguns outros motivos fazem todos pensarem estar voltando no tempo. O Green Bay Packers está na decisão novamente como esteve em 1967, o adversário não será o Dallas Cowboys, mas o jogo será no estádio do Dallas. Coincidências? Talvez, com o detalhe que uma delas é sentida na pele, de forma dolorosa e cruel, o frio é intenso, é quase como o famoso Ice Bowl.

As estradas estão cobertas por gelo, caminhões tentam limpar as ruas assim como os incansáveis trabalhadores e suas pás removedoras do neve. Inúmeros voos são cancelados, os aeroportos fechados e os torcedores começam a ficar preocupados, como fazer para chegar em Dallas até domingo e poder ver o Super Bowl? Desta vez não estamos em Green Bay, desta vez a decisão do Futebol Americano não será no frio congelante do Lambeau Field, mas isso não impede que os cabeças de queijo pensem que estão literalmente jogando em casa. Ninguém jamais imaginou que pudesse fazer tanto frio no Texas, como é possível nevar em Dallas? Muito menos em Arlington. Era para ser um lugar desértico, com sol escaldante e muito calor. As coisas não estão nada boas, só que poderiam ser muito piores.

Primeiro mundo é primeiro mundo. Em 2014 o Super Bowl vai acontecer no New Meadowlands Stadium, em New Jersey, e lá sim muito provavelmente teremos uma reedição do Ice Bowl. Em Arlington está muito frio, será péssimo para o torcedor chegar até à cidade, ir até o estádio, mas não será tão terrível para os jogadores como foi em 1967. Isso porque o Cowboys Stadium tem um teto, um teto retráctil que fecha e deixa todos os jogadores tranquilos e felizes assim como todos os profissionais de imprensa que estiveram por lá nesta terça-feira para mais uma edição do Media Day. Assim todos dão risadas, colocam perucas para homenagear Troy Polamalu e tentam pensar que na hora H as coisas serão quentes, quando a bola oval for lançada o jogo vai pegar fogo, só assim mesmo para espantar o frio tão intenso do rigoroso inverno americano.

0 comentários: