Oscar do esporte em boas mãos

14:18 Net Esportes 1 Comments

Muitas vezes após a cerimônia de entrega do Oscar surgem alguns comentários contrários aos que em uma noite tão especial foram condecorados. Alguns não gostam dos filmes escolhidos pela Academia e dizem que os resultados foram injustos, isso raramente acontece quando são revelados os vencedores do "Oscar do esporte", que na verdade são os ganhadores do prêmio Laureus, um dos maiores reconhecimentos aos atletas e entregue desde o ano 2000. Na premiação esportiva tudo parece ser muito justo quando se leva em consideração os resultados obtidos por cada um dos vencedores ao longo do último ano, e no caso dos vencedores deste ano não foi diferente, tanto no masculino quanto no feminino e também em todas as outras categorias.

Não deu para Messi e nem para Iniesta, o argentino pelo menos se contentou com o prêmio de melhor jogador de futebol entregue pela FIFA. Também não foi desta vez que Kobe Bryant, campeão de NBA com o Los Angeles Lakers, conseguiu levar para a casa o tão cobiçado troféu. O melhor atleta de 2010 no masculino foi o tenista espanhol Rafael Nadal, simplesmente responsável pela conquista de três títulos de Grand Slam no último ano. O atual número um do mundo faturou Roland Garros, Wimbledon e o US Open pela primeira vez na sua carreira, só faltou o Aberto da Austrália. O Laureus ficou em boas mãos, principalmente após o discurso de Nadal que se mostrava extremamente realizado pelo reconhecimento. Agora só falta mais três para ele igualar os quatro ganhos por Roger Federer entre 2005 e 2008.

No feminino uma das concorrentes era Caroline Wozniacki, em 2008 só deu tênis quando Federer e Justine Henin levaram o prêmio. Mas a dinamarquesa que estava extremamente bela e bem vestida vai ter que esperar um pouco mais para ser agraciada pelo Laureus, assim como a croata Blanka Vlasic, que foi quase insuperável no alto em altura ao longo de 2010. As duas perderam porque a vitória foi da esquiadora americana Lindsey Vonn, uma surpresa para muitos, principalmente aqueles não tem noção da importância que os esportes de inverno tem no resto do mundo. Principalmente porque uma atleta do esqui alpino vencendo não é algo inédito, já que Janica Kostelić ganhou em 2006. Sem contar que Vonn levou ouro e bronze nas Olimpíadas de Vancouver 2010 e ainda faturou o título da Copa do Mundo pelo terceiro ano consecutivo.

Os resultados são incontestáveis, não causam uma revolta que causaria o fato de Natalie Prtman não ser a vencedora do Oscar nesse ano como melhor atriz. A não ser que alguém considere estranho diferenciar alguns esportes e colocarem eles como "esportes radicais", caso do surfe, que premiou Kelly Slater, decacampeão mundial. Se não fosse por isso o mais normal ou correto era ver o surfista americano sendo premiado como o melhor atleta do ano no geral por ter sido campeão mundial pela décima vez, algo que não acontece todos os dias. Por outro lado ter mais categorias faz com que mais atletas tenham a honra de levar um Laureus para casa, como Valentino Rossi no melhor retorno, Verena Bentele entre atletas com deficiência, o golfista Martin Kaymer como a revelação do ano, a equipe europeia da Copa Ryder no espírito esportivo e Seleção da Espanha campeão da Copa do Mundo como a melhor equipe de 2010, todos muito merecidos.

1 comentários:

Anônimo disse...

Ele mereçe
ele é muito bom
To tentando um disafio com ele, mas ate agora ele não respondeu meus email, acho que ele esta com medo

www.leandrodemorais.tk