Paucas vitórias contra grandes

13:57 Net Esportes 4 Comments

Foi extamente como os ventos que sopram sempre na direção do infinito em busca de algo inexplicável, decerto, e que vão deixando em seu caminho rastros de destruição e muita poeira. Como entender quando o impossível se torna possível? Como explicar o fato de um time de basquete com tantas estrelas como o Orlando Magic estar perdendo por 73 a 49 no exato momento que o relógio aponta 8 minutos e 57 segundos para o encerramento do terceiro quarto? Extremamente incompreensível mesmo o adversário sendo um time como o Miami Heat, das grandes estrelas LeBron James, Dwyane Wade e Chris Bosh. Mais inacreditável do que isso só mesmo o que acontece depois disso, uma virada épica, algo que fica difícil até ser explicado.

O "The King" LeBron James foi o cestinha do jogo com 29 pontos. Coube ao grande jogador do Heat também a melhor marca do time em rebotes, terminando o jogo com seis ao lado do seu companheiro de equipe Mike Miller. Se não bastasse tudo isso Dwyane Wade ainda conseguiu cinco assistências. Os número não revelam o que de fato aconteceu na noite de ontem em um American Airlines Arena completamente lotado com mais de 19 mil pessoas. O Orlando Magic provou porque essa foi sua quarta vitória consecutiva, provou porque é um time que adora dar trabalho aos rivais nos playoffs, mostraram toda a sua garra liderados por Dwight Howard que conseguiu um "double-double", com 18 rebotes e 14 pontos. Eles venceram por 99 a 96.

No ano passado o Magic perdeu nas finais de Conferência para o Boston Celtics, sofrendo duas derrotas em casa. A equipe que jamais ganhou um título da NBA conseguiu na noite de ontem sua segunda vitória contra o Miami Heat nessa temporada, porém já foi superado pela equipe de LeBron James duas vezes também. Mesmo assim a situação do novo lar de James não é das mais confortáveis contra os grandes rivais de sua Conferência, o Miami Heat está sucumbindo exageradamente nos duelos frente aos times que pode reencontrar em uma série de playoffs, restando saber apenas como será sua reação em uma melhor de sete partidas. Isso porque em um embate único durante a temporada regular a coisa está péssima.

Se a temporada acabasse hoje o primeiro rival dos playoffs seria o Philadelphia 76ers, até aí tudo bem já que venceu duas vezes nesse ano. O problema poderia vir depois, talvez Chicago Bulls ou New York Knicks, para o primeiro já perdeu duas vezes e não ganhou nenhuma, já contra o Kicnks ganhou duas, só que perdeu recentemente quando a equipe se reforçou com Carmelo Anthony. Se conseguir chegar nas finais da Conferência, aí vai torcer para encontrar o Magic, porque se encontrar o Boston Celtics um tabu pode ser mantido e o time verde voltar à final, nesse ano foram três encontros e três derrotas, a vida não está fácil nem mesmo contra o Atlanta Hawks, onde ganhou uma e perdeu outra. O Miami Heat parece estar precisando muito mais do que LeBron James para voltar a sonhar com o título, o Heat do Rei James está precisando vencer os grandes para conquistar legitimamente o seu reinado.

4 comentários:

Jean Francisco disse...

E aí amigão, Blz?
Não tem como negar, a NBA é realmente uma competição à parte em tudo: promoção, eventos, ídolos, revelações, business e é claro; jogos e muita emoção!
Valeu meu velho!
Forte Abs.
Jean Francisco
esportday.blogspot.com

Cara, o Heat tem um puta time, porém, na hora decisiva contra grandes camisas eles pipocam...assisti o jogo contra o Bulls, e eles perderam em casa depois de liderarem grande parte do jogo.No fim LeBron tentou novamente uma de suas jogadas mágicas, e como de costume em lances decisivos, ele errou e o Bulls venceu.O Heat precisa crescer, ainda falta amadurecer um pouco...precisam de um K. Garnett, ou um Kobe, jogadores que são astros e chamam para si a responsabilidade na hora 'H'.Sou torcedor do Lakers e acho que esse ano vai ser difícil ganharmos.Gostei do blog, muito bom!Quando quiser visitar, fique a vontade: http://cinefutetc.blogspot.com/

Net Esportes disse...

@Jean: Sem dúvida meu caro Jean, o negócio é coisa de primeira grandeza !!!

@Futebol, cinema: Mas o LeBron James dveria ser esse cara, ele infelizmente não está conseguindo chamar essa respondabilidade, ele joga muito, mas não está sendo decisivo como é o Bryant ou o Garnett.

LEO disse...

HEAT TEM UM BOM TIME MAIS NÃO É MELHOR QUE O CELTICS !