WWE acerta no WrestleMania

10:26 Net Esportes 9 Comments

Todos nós sabemos que as lutas de entretenimento da WWE não são reais, provavelmente existe uma combinação prévia antes dos combates e mais do que isso um treinamento dos lutadores, que certamente não dão seus golpes com a potência de uma luta de boxe, judô, karatê ou qualquer uma outra onde só mesmo o mais bem preparado vence. Mesmo assim o show dos lutadores de wrestling conseguem atrair a atenção de muitos fãs em todo o mundo, principalmente quando chegamos no mês de abril para ver a edição anual do WrestleMania, o maior evento da WWE. É um acontecimento como o Super Bowl ou a final da Champions League, um evento tão grandioso que leva mais de 71 mil pessoas ao estádio Georgia Dome, em Atlanta, para testemunharem um dos maiores acertos que a WWE poderia fazer em suas storylines.

Quando tudo isso começou é fácil saber, foi em 1991 na WrestleMania VII, o dia em que The Undertaker, um dos mais emblemáticos lutadores da história, subiu no ringue para derrotar seu primeiro oponente Jimmy Snuka. Desde então, tenha sido premeditado ou não, Taker começou a passar por cima de cada rival que aparecia na sua frente. Diesel em 1996, Kane em 1998, o lendário Ric Flair em 2002, Randy Orton, Batista e nem o bizarro Edge tiveram chances contra o Deadman, responsável até pela aposentadoria de Shawn Michaels, a quem derrotou duas vezes consecutivas. Em 21 anos ele não participou de apenas duas edições, e em todas as outras venceu o duelo, são 19 lutas e 19 vitórias, sabemos que no fundo é tudo combinado, e não resta a menor dúvida de que isso é um dos maiores acertos que a WWE poderia fazer.

Talvez seja por ter sempre ganho no WrestleMania e jamais ter perdido, talvez seja pelo carisma natural que não faz parte de todos os lutadores de wrestling, talvez seja por seu estilo diferenciado, suas roupas, seus gestos durante as lutas e seus golpes únicos e extremamente criativos. São vários motivos para o público adorar Undertaker, nitidamente torcer por ele na WrestleMania XXVII, vibrando quando consegue acertar Triple H e comemorando como nunca quando ele se livra da contagem do juiz após ser acertado pelo rival a quem já havia vencido anteriormente, na WrestleMania X-Seven em 2001. Desta vez o duelo foi em No Holds Barred, parecido com No Disqualification Match, sem contagem, sem regras, trazendo uma tensão para o torcedor que não queria saber de 18-1 e torcia para o inevitável 19-0.

Acabou sendo mesmo 19-0, mas vamos supor que essas lutas não sejam extremamente combinadas, um golpe ou outro sim, treinado principalmente, mas o desfecho dela, o vitorioso da noite não. Undertaker não consegue mais aplicar o Old School, mas ele ainda voa por cima das cordas do ringue. O Tombstone Piledriver não definiu a vitória como tantas vezes já o fez, mas Undertaker também se livou do mesmo golpes aplicado por Triple H, momento que o fã quase viu o impossível e foi ao delírio vendo Taker sair dessa. Triple H chegou a acertar Undertaker com uma cadeira cerca de dez vezes, pegou uma marreta em baixo do ringue e parecia que a WWE iria errar ao decretar o fim da invencibilidade do Rei da WrestleMania, mas o Deadman reagiu e aplicou um Hell's Gate longo, doloroso, que depois de muito tempo fez o adversário sucumbir e pedir o final da luta, e possível ter a impressão que tudo isso é pura realidade.

Pensando que pelo menos o desfecho da luta não seja combinado, Taker mereceu muito vencer, pois aplicou o melhor golpe final e resistiu bravamente à força de Triple H. Sua entrada triunfal ao som de Johnny Cash não foi nada parecida com sua saída, pois estava estenuado, sem conseguir se levantar e tendo que ser carregado na maca móvel. Mark Willian Calaway, que da vida à The Undertaker, está com 46 anos de idade, ele estava pardo até janeiro deste ano e voltou só para o WrestleMania, só para manter a invencibilidade no maior evento da WWE que se determina tudo, fez o que era mais certo, manteve uma sina que não pode acabar jamais, mesmo que parece ter acabado neste dia 3 de abril de 2001, com Taker tendo um infarto após a vitória 19. Assim só o tempo poderá dizer o que realmente aconteceu, e se quem sabe ele volta no ano que vem para a 20ª vitória, pois perder seria um dos maiores erros que a WWE poderia cometer. (Foto: WWE.com)

9 comentários:

Ron Groo disse...

Cara eu vi isto no Esporte Interativo, achei uma palhaçada sem fim... Mas de qualquer forma...

Net Esportes disse...

@Ron Groo: hahahha GRoo !!! mas essa paçhaçada que é a graça do negócio ... !!! antigamente era mais legal, o Undertaker é um dos poucos remanescentes da época legal ... época do Hulk Hogan e por aí vai ...

Jean Francisco disse...

Concordo com você parceiro, o lado surreal ou duvidoso cria uma expectativa e curiosidade. O problema é que a nova geração quer ver pancadaria, golpes reais e muita adrenalina. Realmente comparando com outros esporte, em especial o MMA, fica difícil manter um novo público, pelo menos até agora.
Abs
Jean Francisco
esportday.blogspot.com

Patrick Araújo disse...

Porra Lembra do "Telecat da Manchete"?

Podia passar de novo, era mto foda!

O complicado eh q a galera gosta de luta de verdade e as vezes possa estar enchergando isso naum como uma arte ou teatro....

Net Esportes disse...

@Jean: Nem fala Jean, essa expectativa e dúvida sobre o que vai acontecer que vale à pena.... abs

@Patrick: eu lembro Patrick, Ted Boy marino ... hahahhaha e vc tem razão, as pessoas tem que saber que se trata de um show, um espetáculo ....

Apocalipse disse...

Cara gostei bastante da matéria aqui, como fã da wwe achei a materia aqui por acaso. A WWE como show de "Entretrimento" é imbátivel e é isso que a WWE é um Show para entreter, imagina um seriado de TV que está no ar toda semana com pelo menos dois episodios inéditos a mais de 20 anos, é um sucesso completo...

ainda mais agora com o retorno de nomes renomados a empresa como Stone Cold Steve Austin e o The Rock...

Net Esportes disse...

@Apocalipse: Muito obrigado pela visita e comentário Apocalipse. E você tem razão, é realmente como um seriado de muito sucesso e esse sucesso eu acho que vai continuar por muito tempo ainda, principalmente por esse lado esportivo do espetáculo .... abraço.

Laudemir Rosa disse...

Concordo com você... Abraço.

Net Esportes disse...

@Laudemir Rosa: Muito Obrigado Laudemir, um abraço.