A Fórmula 1 em Nova York

16:21 Net Esportes 3 Comments

A quase 300 Km/h pela Avenida Broadway os carros passam e cruzam a Times Square. Nem 'Cats' e nem mesmo o 'Fantasma da Ópera', a grande atração nos famosos teatros neste domingo de sol e calor é a Fórmula 1. Até o Central Park, passando ao lado da Apple Store, entrando com tudo na Quinta Avenida como uma desfile de St. Patricks Day ou 4 de Julho, no dia da Independência, no dia que a Fórmula 1 elevou as bolsas da Wall Street, foi pauta do dia na sede das Nações Unidas, subiu ao topo do Rockefeller Center, escalou o Empire States e beteu bola com o Knicks no Madison Square Guarden. Red Bull, Ferrari e McLaren nas ruas de Manhattan é na verdade apenas uma grande ilusão, mas a categoria máxima do automobilismo em Nova York pode não ser mais já em 2013.

Ao invés do ponto mais famoso de uma das cidades mais famosas do mundo, o palco para a Fórmula 1 seria um circuito de rua nas cidades de Weehawken e West New York. Ambas ficam na verdade em New Jersey, mas é exatamente ao lado de Manhattan, onde a ilha que tem inúmeros pontos turísticos ficaria como cenário de fundo para o espetáculo, assim como o Rio Hudson que divide New York de New Jersey. Os prefeitos Richard Turner e Felix Roque confirmaram que já estão em fase de negociação com um grupo de investidores para bancar a prova, que se for realizada, não deverá contar com dinheiro público. Leo Hindery Jr., que trabalhou na emissora de TV Yes, detentora dos direitos de transmissão do time de beisebol New York Yankees é um dos principais executivos no pojeto.

Bernie Ecclestone já está empolgado com a idéia, mesmo porque sempre foi um dos que mais se mostrou favorável à idéia. Os Estados Unidos voltarão ao calendário da Fórmula 1 em 2012 quando será realizada uma corrida em Austin, no Texas, sendo que ver duas corridas na Terra do Tio Sam no mesmo ano não seria nenhuma novidade, já que em 1984 foi realizada uma etapa em 8 de julho, no circuito de rua de Dallas. Duas semanas antes, a categoria havia realizado o GP dos Estados Unidos Leste, em Detroit, que também abrigou etapas da Indy no passado. Para Nova York 2013 os recursos viriam totalmente da iniciativa privada, sem usar dinheiro algum dos impostos arrecadados, coisa que certos governantes de uma certa cidade brasileira que será sede da Copa de 2014 também prometeu e não cumpriu.

Se tudo não for apenas uma ilusão como seria ver a Fórmula 1 nas ruas de Manhattan, será sem dúvida alguma merecido para a cidade de Nova York ter a Fórmula 1. Tudo porque apesar de não dar essa impressão, pela grande quantidade de prédios e aspecto cinza, Nova York é uma das capitais mundiais do esporte, merecia muito ser sede olímpica inclusive. Em Nova York existem dois times de beisebol, um de basquete, dois de Hóquei no Gelo, dois de Futebol Americano que jogam em New Jersey, tem também competições de golfe importantes, tem um Grand Slam de tênis, uma das maiores e mais famosas maratonas do mundo, o Belmont Stakes de Turfe, time de basquete feminino da WNBA, time de futebol, que também joga em New Jersey, no estádio que será palco do Super Bowl em 2014. É muito esporte, a Fórmula 1 só iria abrilhantar ainda mais essa variedade toda e dar show, como o pessoal do Red Bull Air Race que também esteve passando lá perto perto da Estátua da Liberdade. (Foto: )

3 comentários:

Ron Groo disse...

Se a corrida for a noite ao menos plasticamente vai ser bonito.

Net Esportes disse...

@Ron Groo: Se fosse na Times Square até de dia ia ser bonito !! mas acho que eles não vão ter tanta grana para fazer a noite .....

Luiz Paulo Knop disse...

Gostava muito do GP de Phoenix, é uma pista que me deixou saudades, mas confesso que uma prova de rua, ainda mais a noite, em NY, seria o top da categoria na terra do Tio Sam.

http://esporteresenha.blogspot.com