Sempre uma nova chance

09:31 Net Esportes 4 Comments

Quando surgiu em 1976, seu nome era World Series of Golf e o primeiro campeão no Firestone Country Club em Akron, Ohio, foi o lendário Jack Nicklaus. O maior campeão de Majors de toda a história do golf, no entanto, não conseguiu jamais repetir a façanha, deixando para seu compatriota Craig Stadler, para o espanhol José María Olazábal e para o australiano Greg Norman a glória de ser campeão dessa competição duas vezes em suas carreiras, e isso acontecendo somante nos anos de 1990 quando novos patrocinadores mudaram o nome da disputa para NEC World Series of Golf. Tudo até 1998, quando a história mudou seu rumo e os organizadores foram obrigados a recomeçar tudo novamente, vendo nesse mesmo período o surgimento de uma nova lenda viva.

Em 1999, logo no primeiro ano da nova era que viu o World Series se tornar WGC-NEC Invitational, deixando para trás Phil Mickelson, que já havia sido campeão em 1996, ou ainda Ernie Els, Sergio García e Davis Love III; eram dez tacadas abaixo do par, bastante e pouco ao mesmo tempo se comparadas ao recorte que viria no ano 2000, onde já igualaria o recorde lacônico de dois títulos e espantaria o mundo com a expressiva marca de arrasadoras 21 tacadas abaixo do par. Apostas não são precisas, dúvidas não cabem nesse momento, bola de cristal e cartomantes podem ser totalmente descartadas para adivinhar o óbvio, para saber que somente um jogador de golfe poderia conseguir isso, e poderia ainda voltar no ano seguinte para vencer novamente e fazer isso sete vezes em 11 anos. Incrível, Inacreditável, esse era o Tiger Woods de antigamente, uma época que hoje não acontece mais.

Darren Clarke, Stewart Cink e até mesmo Vijay Singh deram sorte, conseguiram vencer a competição que em 2006 conseguiu mudar de nome novamente, se tornando o WGC-Bridgestone Invitational e vendo Woods ser campeão novamente naquela edição com dez tacadas abaixo do par. A festa acabou depois da última conquista em 2009, vieram os escândalos na vida pessoal, sua vida virou de cabeça para baixo, os títulos não vieram nunca mais nem em Akron e nem mesmo em qualquer outra competição que disputou, nem nos Majors, nem nos torneios menores, nem quando tinha boas chances e nem quando passou desapercebido, se é que isso é mesmo possível. A liderança do ranking foi perdida, o segundo lugar também, o terceiro e até seu caddie acabou dispensado, na escassez das taças, dos patrocinadores, do dinheiro, da fama e da glória, que vê sempre na próxima semana uma nova chance de voltar aos bons e velhos tempos.

No US Open não teve nova chance, e no British Open muito menos. Cada nova competição que Tiger Woods disputa o mundo volta seus olhos para ver se desta vez ele acaba com a seca de títulos, uma seca que começou quando sua vida pessoal secreta terminou. Se não pode vencer porque seu swing está ruim, porque seus putts não estão mais dando certo, porque seu caddie faz a diferença, será? Mais difícil será vencer com uma lesão, um problema físico, que o impedem até de competir nos eventos mais importantes do golfe mundial. A recuperação demora três meses, um novo caddie é contratado, uma nova esperança se acende e um sentimento de bem estar ecoam como o vento no vale em suas declarações obscuras durante as entrevistas coletivas que não esclarecem quase nada sobre suas reais condições de jogo. Sete títulos no Bridgestone Invitational em onze anos, Darren Clarke como rival, sempre uma nova chance, quem sabe agora a nova história de fracassos termine para Tiger Woods, mesmo porque o PGA Championships começa na semana que vem, e Tiger que torná-lo uma continuidade e não apenas outra oportunidade. (Foto: Sam Greenwood/Getty Images)

4 comentários:

Patryck - Admin. disse...

Este blo e muito... show, amei o plano de fundo e o título (e na parte onde ta melhores poe o R10 rs). Eu vou seguir com przer (achei seu blog no google), mas se for possível siga o meu também (não repare é mais humilde): http://fcgols.blogspot.com/

VLW vo sempre dar uma passadinha e comentar (comenta no meu tambem)

Patryck - Admin. disse...

Você e São Paulino, eu sou Flamenguista! rs

Patrick Araújo disse...

Concordo com o meu chará ai de cima. Esse blog eh mto show msm e o layout dele eh sensacional!

Pow eu vi akela propaganda do Tafarell sim kara, da janela de vidro e tal.... Achei ela mto boa tbm!

A parada eh q cada dia q passa o Tiger Woods carrega mais e mais pressão pra ganhar alguma coisa. Ele tem q saber administrar isso se n vai ficar cada vez mais dificil...

Net Esportes disse...

@Patrick Araújo: Valeu mesmo meu caro Patrick .... e eu diria mais, eu diria impossível ,,, nesse torneio aí ele já ficou lá pra trás !!!!! kkk