Esse foi o jogo mil do Brasil

21:23 Net Esportes 3 Comments

No estádio L'Amitié, em Libreville, foi lá mesmo. Foi em um campo simplesmente horrível, com um péssimo gramado e ainda por cima totalmente alagado, parecia até um jogo de várzea. Antes ainda houve um grande apagão, queda de energia, faltou luz para ver o que ninguém queria acreditar estar enxergando na frente do seus próprios olhos. Foi no dia 10 de novembro de 2011, em uma noite triste e melancólica, quando a Seleção Brasileira de futebol realizou a sua partida número mil em toda a sua história. Não contam Jogos Olímpicos e nem Jogos Pan Americanos, a CBF não considera outros tipos de jogos e não considera este como o milésimo, mas quem se importa com a CBF?

Não foi no Maracanã, no foi nem mesmo no Brasil. Não tinha Kaká e também não tinha Neymar. O pior de tudo é que não foi nem contra um adversário à altura, em um jogo à altura de sua história no furebol mundial. O jogo mil do Brasil com suas inúmeras excessões, tantas que a própria CBF da um jeito de não vê-lo como o jogo mil, foi contra o Gabão, quem? Sim, o Gabão de Aubameyang e Mouloungui, agora sim tudo ficou esclarecido. Também não houve nenhuma solenidade ou homenagem, nem placa e nem nada, justamente porque a CBF não consedera como o jogo mil, mesmo que o último tenha sido por muitos outros considerado como o 999. A CBF também desmarcou jogos contra Itália e Espanha para jogar contra Gabão e Egito, então quem liga para a CBF?

Esqueça o gramado, o local, as circunstâncias. Esqueça também o apagão porque o jogo mil do Brasil foi contra o Gabão. Então o Brasil ganhou fácil e de goleada? Não. O Brasil fez dois a zero só para não dizer que perdeu e também para dar chance ao técnico de dizer que foi bom para testar alguns jogadores e fazer algumas experiências. Excelentes experiências para enfrentar o próximo adversário, o Egito, no jogo mil e um. A poeira não baixa só porque o Brasil ganha, pois este Brasil pós África do Sul 2010 já cansou de ganhar dos times pequenos, mas ainda não superou os grandes, piorando ainda mais a situação ao não querer enfrentá-los. Desse jeito o jogo mil só pode ser essa piada que foi, a não ser que todos sejam como a CBF, igual a Globo, por exemplo. (Foto: AFP PHOTO / SIA KAMBOU)

3 comentários:

Ron Groo disse...

Perdi meu tempo vendo esta pelada.
Campo ruim, times idem.
Já vi espetáculos melhores no Desafio ao Galo.

Patrick Araújo disse...

Obrigar a Seleção Brasileira de Futebol a jogar naquele gramado foi triste de ver. Respeito o Gabão, que deve ser um país com muitas dificuldades, mas oferecer um gramado (?) como aquele para um jogo é desrespeito! Quem lucra com isso, CBF?? Lembrei daquele jogo na Rússia, ou em um dos países da Ex-União Soviética, no qual a nossa seleção foi obrigada a jogar no frio extremo. O pior de tudo mesmo foi ver o Mano dizer que o teste foi válido. VÁLIDO PARA QUEM??

Net Esportes disse...

@Patrick ... válido para o esquema da CBF que era não perder mais esse ano, afinal ia jogar contra Itália e Espanha .... !!!!!