Packers reescreve a história

08:47 Net Esportes 2 Comments

NFL Packers LionsMuitos perus foram assados no dia de Ação de Graças, mas em uma decisão que não precisa de aprovação do congresso, o presidente Barack Obama poupou da morte pelo menos uma pobre ave que só queria viver neste tão tradicional Thanksgiving. Viver para ver o futebol americano na TV, onde algumas equipes como o Detroit Lions se orgulham muito por sempre jogar na última quinta-feira do mês de novembro. O dia seguinte será de muitas compras no famoso Black Friday, a criançada está feliz por sair da escola na quarta-feira e voltar só na segunda, o dia é ótimo para ver a parada da Macy´s em Nova York e para estar perto dos amigos, da família, comendo bem e se divertindo com o espetacular e emocionante jogo da bola oval.

Os tempos ruins definitivamente ficaram para trás. Esse ano o Detroit Lions conseguiu uma arrancada empolgante no início da temporada com cinco vitórias consecutivas. Ao todo já são sete triunfos e ver o Chicago Bears perder o seu quarterback Jay Cluter se tornou uma esperança a mais no sonho de ir aos playoffs. O problema para o torcedor apaixonado que lota o Ford Field enfrentando o frio intenso e assando perus antes da partida é que o adversário no Thanksgiving é simplesmente o melhor time da temporada, o Green Bay Packers. E se não fosse o bastante, a equipe que derrotou o Carolina Panthers na última rodada em casa, foi derrotado nos seus domínios em duas das três vezes que não conseguiu a vitória nesse ano.

Por outro lado, no entanto, a história estava ao lado do Detroit Lions, e ela tinha tudo haver com o Thanksgiving. Tudo porque o Green Bay Packers e sua grande e linda história havia conseguido dez vitórias e nenhuma derrota nos dez primeiros jogos em duas oportunidades. Uma delas foi em 1929, ano em que faturou seu primeiro título com 12 vitórias e um empate. Esse empate aconteceu no dia 28 de novembro de 1929, justamente uma quinta-feira, justamente a última quinta-feira de novembro. Só que o adversário foi Frankford Yellow Jackets. Mas em 1962, quando também venceu dez jogos seguidos nas dez primeiras partidas, o adversário era o Detroit Lions, no Thanksgiving, com perus para todos os lados e com vitória dos Leões por 26 a 14, quebrando aquela invencibilidade incrível dos cabeças de queijo.

Agora no dia 24 de novembro de 2011 apenas uma das duas equipes poderia reescrever a história, o Lions do mesmo jeito e o Packers de forma diferente. Se fartando de comer ao meio-dia e meia no horário da costa leste. Os americanos adoram um dos seus feriados favoritos, só não gostam de ver um zero a zero persistente em um dos seus esportes mais apaixonantes. Isso não é problema para Aaron Rodgers, para os campeões do ano passado, para os campeões de 1929 e de 1962 que pela primeira vez conseguem uma campanha de 11-0, onze vitórias e nenhuma derrota, eles tem tudo para conseguir o 16-0, tem tudo para faturar mais um título no Super Bowl. O Detroit mesmo dando trabalho no início ao segurar o rival, não precisa se preocupar muito com o resultado de 27 a 15, afinal enfrentaram os melhores de 2011 que não queriam ver 1962 se repetir, pois a esperança continua, a esperança de refazer tudo durou 49 anos para o Packers e finalmente aconteceu. (Foto: AP Photo)

2 comentários:

Luiz Paulo Knop disse...

Será que os Packers repetem o Patriots de Brady e chegam invictos ao SuperBowl?

Espero que percam pro meu 49ers na final da Conferência.

Mas seria muito bonito ver a história reescrita.

http://esporteresenha.blogspot.com

Net Esportes disse...

@Luiz: São especialistas em serem campeõos de forma consecutiva .... se repetirem o Patriots espero que não seja exatamente igual, ou seja, que ganhem também o Super Bowl.