Os Beatles perdem mais um

10:04 Net Esportes 2 Comments

John Lennon, Paul McCartney, George Harrison e Ringo Starr. Dois se foram e outros dois continuam entre nós, mas não é desses "Beatles" que estou falando. Me refiro a outro quarteto, pois se o mundo da música pode ter um quarteto de Liverpool, então o mundo do beisebol também pode ter o seu grupo de quatro estrelas, no caso estrelas de Nova York, do New York Yankees, com uma história de sucesso não muito semelhante a dos ingleses, mas com tantas coisas em comum. Derek Jeter, Mariano Rivera, Andy Pettitte e Jorge Posada: Os Beatles da Big Apple. Os quatro jogadores formados dentro do time mais popular do mundo, escrevendo a história em grupo de uma forma ou sozinhos de outra, exatamente como na música.

Derek Jeter não morreu assassinado no Central Park, mas pode-se dizer que ele é como o John Lennon, o mais popular dos Yankees, o recordista de rebatidas válidas na história da MLB, o mais carismático dos jogadores e o mais querido da torcida. Já Mariano Rivera não tem nenhuma história obscura sobre ser outra pessoa, mas talvez ele seja como o Paul McCartney, o segundo maior da banda, o recordista de saves, o jogador que é importante para o grupo, mas que consegue ser importante individualmente também, consegue escrever a história sozinho e deixar sua marca. Não é muito o caso de Andy Pettitte, que se aposentou no ano passado, saiu de cena sem muito alarde, exatamente como George Harrison quando morreu de câncer em 2001.

Sendo assim, sobrou o Ringo Starr para Jorge Posada. Um dos quatro Beatles que continua vivo como Paul McCartney, mas quem escuta falar nele? O baterista da banda, fica lá atrás, escondido, fazendo seu papel de muita importância sem receber a devida importância. Com Posada acontece o mesmo, porque ele é um catcher, o jogador que fica atrás do rebatedor rival pegando a bolinha arremessada pelo seu companheiro de time. Ele usa uma máscara, ele não aparece quase nada. De qualquer forma ele faz parte do time, faz parte do quarteto dos Yankees que dominou o mundo do beisebol na MLB por uma época inesquecível, onde foram campeões em cinco World Series. Uma época perfeita que ficou para trás, pois depois de Pettitte os Beatles perderam mais um.

Aos 40 anos de idade, após 17 temporadas defendendo apenas um time, chegou a hora de se aposentar. Jorge Posada diz adeus ao beisebol com a certeza que, ao lado dos seus companheiros, principalmente os outros três que também fizeram toda a sua carreira na equipe de Nova York, fez a história acontecer. Mas sabe que no fundo ele é um Ringo Starr da vida, um jogador subestimado, com números importantes como 1664 rebatidas, 1065 corridas impulsionadas e 275 home runs, tudo isso sendo um catcher. Ele vai embora sabendo que sua camisa número 20 talvez até seja aposentada um dia, porém isso só vai acontecer por causa de Jeter e Rivera. Exatamente como Ringo é lembrado por causa de John e Paul. Pelo menos são lembrados. (Foto: Al Bello/Getty Images)

2 comentários:

Gustavo disse...

"um jogador subestimado, com números importantes como 1664 rebatidas, 1065 corridas impulsionadas e 275 home runs, tudo isso sendo um catcher."


Simplesmente disse tudo ...
é impressionante mesmo...

Net Esportes disse...

@Gustavo: Valeu Gustavo ! Obrigado pelo feedback !!!