A vingança e o adeus aos campeões

14:53 Net Esportes 5 Comments

A temporada regular da NBA no passado viu o Oklahoma City Thunder se classificar em quarto no Oeste e dar uma sorte enorme nos seus dois primeiros confrontos dos playoffs. A equipe liderada por Kevin Durant fez 4 a 1 no Denver Nuggets e mesmo precisando de sete jogos eles eliminaram o oitavo colocado Memphis Grizzles. O problema foi que na decisão da Conferência pesou a falta de uma experiência maior que havia culminado em seu adeus no ano anterior quando havia caído diante do Los Angeles Lakers por quatro jogos a dois. Derrota dura e sofrida por quatro jogos a um contra o Dallas, mas o Dallas Mavericks acabaria sendo o grande campeão de 2011. O tempo é o melhor remédio e hoje o Thunder já tem a sua chance de vingança e uma grande oportunidade de dar adeus aos campeões.

Mas o que teria acontecido com o Dallas Mavericks? O Jason Kidd está inativo, não tem mais o José Juan Barea e o Tyson Chandler foi embora para o New York Knicks. O time sofre mudanças e as coisas acabam mudando completamente. A campanha acaba sendo mediana com 36 vitórias e 30 derrotas. Apenas o sexto lugar no Oeste, coisa feia, situação triste e complicada. Parece até que apenas um título basta, apenas um título em toda a sua história na NBA. Isso os coloca para jogar a primeira rodada dos playoffs diante do adversário que havia decidido a final de Conferência no ano passado. O Oklahoma City Thunder. Um time que até 2008 se chamava Seattle SuperSonics, que foi campeão em 1979 e que fez uma campanha ridícula em 2009 com apenas 23 vitórias. Isso não era problema.

Como o Portland Trail Blazer poderia adivinhar? Eles escolheram Greg Oden no draft de 2007 e deixaram a segunda escolha para o então time do Sonics, que não errou e escolheu Kevin Durant. Novato do ano em 2008, três vezes eleito para jogar o All-Star Game, MVP do jogo das estrelas neste ano e grande nome da seleção olímpica dos Estados Unidos, sendo inclusive apontado como uma das grandes estrelas de Londres 2012. Se não bastasse ele ainda liderou o Thunder em uma campanha de 47 vitórias e 19 derrotas na atual temporada terminando o ano pela terceira vez consecutiva como o maior cestinha entre todos os jogadores. O último que conseguiu tal feito foi Michael Jordan. Só isso. Tem como eleger outro jogador como MVP da temporada? Tem como apostar no Dallas Mavericks contra o Thunder nestes playoffs.

Em Nova York todos esperam que o Knicks consiga superar o Heat, mesmo que tenha perdido os três duelos que fizeram na temporada regular. O Orlando espera se recuperar contra o Pacers, o Denver quer surpreender o Lakers assim como o Clippers espera não perder do Grizzles. Tudo pode acontecer, o Dallas tem Dirk Nowitzki e a confiança de ser o atual campeão, mas não da para imaginar o Thunder de Kevin Durant e seus amigos perdendo para esse Dallas que fora tão burocrático durante toda a temporada regular. O Thunder é favorito na revanche e condidato não só a dar adeus aos campeões quanto se tornar o novo grande campeão da NBA. E para isso acontecer eles devem precisar de outra vingança pelo caminho, tendo o Los Angeles Lakers como próximo rival. Ou alguém acha mesmo que o Denver Nuggets tem alguma chance? (Foto: Kevork Djansezian/Getty Images)

5 comentários:

Marília disse...

Nossa sai mais informada por causa do seu blog! Sou desinformada no ramos dos esportes rs

interessante!

parabéns pelo blog!

bjkssssssss

Ron Groo disse...

Eu fiquei triste, perdemos o D-Rose...

Net Esportes disse...

@Ron Groo: Lamentável Groo. A vida do Miami foi totalmente facilitada no Leste.

Luiz Paulo Knop disse...

O pior dessa história toda foi ver o San Antonio bem classificado... já passei muita raiva com eles no auge das torres gêmeas... Go Lakers!

Luiz Paulo Knop
www.resenhaesportiva.com