A vingança e o adeus aos campeões

14:53 Net Esportes 5 Comments

A temporada regular da NBA no passado viu o Oklahoma City Thunder se classificar em quarto no Oeste e dar uma sorte enorme nos seus dois primeiros confrontos dos playoffs. A equipe liderada por Kevin Durant fez 4 a 1 no Denver Nuggets e mesmo precisando de sete jogos eles eliminaram o oitavo colocado Memphis Grizzles. O problema foi que na decisão da Conferência pesou a falta de uma experiência maior que havia culminado em seu adeus no ano anterior quando havia caído diante do Los Angeles Lakers por quatro jogos a dois. Derrota dura e sofrida por quatro jogos a um contra o Dallas, mas o Dallas Mavericks acabaria sendo o grande campeão de 2011. O tempo é o melhor remédio e hoje o Thunder já tem a sua chance de vingança e uma grande oportunidade de dar adeus aos campeões.

Mas o que teria acontecido com o Dallas Mavericks? O Jason Kidd está inativo, não tem mais o José Juan Barea e o Tyson Chandler foi embora para o New York Knicks. O time sofre mudanças e as coisas acabam mudando completamente. A campanha acaba sendo mediana com 36 vitórias e 30 derrotas. Apenas o sexto lugar no Oeste, coisa feia, situação triste e complicada. Parece até que apenas um título basta, apenas um título em toda a sua história na NBA. Isso os coloca para jogar a primeira rodada dos playoffs diante do adversário que havia decidido a final de Conferência no ano passado. O Oklahoma City Thunder. Um time que até 2008 se chamava Seattle SuperSonics, que foi campeão em 1979 e que fez uma campanha ridícula em 2009 com apenas 23 vitórias. Isso não era problema.

Como o Portland Trail Blazer poderia adivinhar? Eles escolheram Greg Oden no draft de 2007 e deixaram a segunda escolha para o então time do Sonics, que não errou e escolheu Kevin Durant. Novato do ano em 2008, três vezes eleito para jogar o All-Star Game, MVP do jogo das estrelas neste ano e grande nome da seleção olímpica dos Estados Unidos, sendo inclusive apontado como uma das grandes estrelas de Londres 2012. Se não bastasse ele ainda liderou o Thunder em uma campanha de 47 vitórias e 19 derrotas na atual temporada terminando o ano pela terceira vez consecutiva como o maior cestinha entre todos os jogadores. O último que conseguiu tal feito foi Michael Jordan. Só isso. Tem como eleger outro jogador como MVP da temporada? Tem como apostar no Dallas Mavericks contra o Thunder nestes playoffs.

Em Nova York todos esperam que o Knicks consiga superar o Heat, mesmo que tenha perdido os três duelos que fizeram na temporada regular. O Orlando espera se recuperar contra o Pacers, o Denver quer surpreender o Lakers assim como o Clippers espera não perder do Grizzles. Tudo pode acontecer, o Dallas tem Dirk Nowitzki e a confiança de ser o atual campeão, mas não da para imaginar o Thunder de Kevin Durant e seus amigos perdendo para esse Dallas que fora tão burocrático durante toda a temporada regular. O Thunder é favorito na revanche e condidato não só a dar adeus aos campeões quanto se tornar o novo grande campeão da NBA. E para isso acontecer eles devem precisar de outra vingança pelo caminho, tendo o Los Angeles Lakers como próximo rival. Ou alguém acha mesmo que o Denver Nuggets tem alguma chance? (Foto: Kevork Djansezian/Getty Images)

5 comentários:

Marília disse...

Nossa sai mais informada por causa do seu blog! Sou desinformada no ramos dos esportes rs

Anônimo disse...

interessante!

parabéns pelo blog!

bjkssssssss

Ron Groo disse...

Eu fiquei triste, perdemos o D-Rose...

Net Esportes disse...

@Ron Groo: Lamentável Groo. A vida do Miami foi totalmente facilitada no Leste.

Luiz Paulo Knop disse...

O pior dessa história toda foi ver o San Antonio bem classificado... já passei muita raiva com eles no auge das torres gêmeas... Go Lakers!

Luiz Paulo Knop
www.resenhaesportiva.com