Será que ele alcança o Rocky Marciano?

15:35 Net Esportes 0 Comments

Entre 1948 e 1955. Nos pesos pesados do boxe apenas um nome reinou absoluto durante esse período. Foram 49 lutas e nenhuma única derrota ou empate. Rocky Marciano entrou para a história do pugilismo mundial ao se aposentar de forma invicta, com 49 vitórias. Para se ter uma idéia do feito de Marciano, vejamos a carreira de Muhammad Ali, que foi derrotado cinco vezes, sendo que sua primeira queda veio após 31 vitórias. Não havia um Joe Frazier na época do Marciano, tudo bem, mas porque jamais outro lutador conseguiu fazer o que Rocky Marciano fez? Joe Louis perdeu após 58 vitórias, pela segunda vez, pois a primeira foi após 24 triunfos. Sugar Ray Robinson lutou 200 vezes e venceu 173 combates, mas a primeira derrota foi após 40 vitórias. Recentemente Nikolai Valuev venceu 46 vezes antes de perder. E hoje, não nos pesos pesados, temos mais um invicto tentando igualar Rocky Marciano.

São 26 nocautes em 42 lutas onde venceu 42 vezes. Floyd Mayweather, Jr. lutou 42 vezes e jamais saiu do ringue derrotado por qualquer um dos seu rivais. O boxeador, no entanto, não é dos pesos pesados e já esteve em cinco categorias diferentes. Mayweather ainda por cima não é tão carísmatico quanto fora Rocky Marciano, ou cativante quanto Ali, Foreman, Holyfield, Tyson e por que não Oscar De La Hoya saindo um pouco dos pesos pesados. Se não bastasse ele chegou a se aposentar para evitar uma revanche de Hoya e já recusou uma oferta de U$ 8 milhões para enfrentar o mexicano Antonio Margarito, considerado um dos grandes carrascos dos pesos médios-ligeiros. Mas a maior polêmica de sua carreira veio quando jamais conseguiu um acordo para encarar o filipino Manny Pacquiao, considerado por muitos como o melhor boxeador da atualidade incluindo todas as categorias, até os pesos pesados, isso tudo o fez perder muito tempo.

Sem lutar em 2008, Floyd Mayweather, Jr. voltou aos ringues apenas em 2009, quando derrotou Juan Manuel Márquez. Foi a única luta em 2009, assim como o duelo contra Shane Mosley foi o único de 2010 e o combate cheio de pôlemicas contra Victor Ortiz a sua única luta no ano passado. O tempo vai passando e a idade aumentando, Mayweather já está com 35 anos nas costas. Considerando a vitalidade de Vitali Klitschko e a persistência de Evander Holyfield como exemplos, da para imaginar  Floyd Mayweather lutando por pelo menos mais uns cinco anos. Mas se continuar com uma luta por ano não chega nem nas 47 ou 48 vitórias seguidas. Ainda ficaria faltando uma luta para no mínimo igualar o recorde do lendário Marciano. Sem falar em uma determinada outra luta que ficaria faltando também, uma luta que independente de recoredes, marcas, busca por Marciano deverá mesmo ficar apenas na imaginação de todos.

No próximo dia 5 de maio tem luta do Floyd Mayweather, Jr, ele encara Miguel Cotto em busca de sua 43ª vitória. No dia 9 de junho também haverá um outro grande duelo, quando Manny Pacquiao encara Timothy Bradley. Mas quando é que haverá Floyd Mayweather, Jr, contra Manny Pacquiao? Provavelmente nunca, Mayweather pretende sair dos médios-ligeiros e ir para os médios, enfrentar o argentino Sergio Martinez e acabar de uma vez por todas com qualquer chance de haver uma luta do século entre ele e o filipino. Uma luta que seria épica, principalmente se o americano subisse no ringue ainda com sua série invicta. Ele se consagraria eternamente, ou talvez afundaria de uma vez por todas. Por essas e outras que a marca de Rocky Marciano é única e talvez até insuperável, até mesmo por alguém que já venceu 42 vezes e só precisa de mais sete vitórias. Parece até pouco, mas é muito para quem luta apenas uma vez por ano. (Foto: Jeff Bottari/Getty Images)

0 comentários: