O Knicks finalmente venceu nos playoffs

16:01 Net Esportes 5 Comments

É claro que o Miami Heat vai passar pelo New York Knicks e avançar nos playoffs da NBA. O Miami Heat tem total condição ficar com o título do Leste e até ser o grande campeão do ano. A equipe de LeBron James ainda deu sorte quando viu o Chicago Bulls perder o seu principal jogador por lesão. Eles podem até se preocupar com Boston Celtics, ou principalmente com o futuro rival do Oeste, o Spurs, o Lakers ou o City, mas certamente o Knicks é o menor dos seus problemas. Para passar pela equipe da Big Apple só falta uma vitória, sendo que o próximo duelo é em casa, sendo que jamais alguém reverteu uma vantagem de 0-3 nos playoffs em toda a história da NBA. Está muito fácil, mas mesmo eliminado o Knicks tem algo para celebrar. O Knicks não seguirá em frente, porém o Knicks parou de só perder nos playoffs.

Só derrotas nos playoffs desde 2001. Desde o dia 29 de abril de 2001, quando derrotaram o Toronto Raptors no jogo da três da primeira rodada dos playoffs daquele ano, atuando fora de casa. Nesse ano ainda tinha Latrell Sprewell, que nesse dia marcou 20 pontos. Mas os canadenses tinham Vince Carter, que ajudou na recuperação da equipe que eliminou os novaiorquinos por três jogos a dois, pois ao contrário de hoje a primeira rodada ainda era uma melhor de cinco jogos. As duas derrotas nos dois últimos jogos daquela série deram início a uma das sequências mais tristes na história do New York Knicks, que voltou aos playoffs apenas mais duas vezes desde então e foi varrido em ambas as ocasiões. Nesse ano eles perderam mais três partidas, mas conseguiram finalmente evitar mais uma varrida.

Duas para o Toronto, mais oito em duas varridas e mais três nos playoffs deste ano. No total foram 13 derrotas consecutivas em playoffs da NBA, um lamentável recorde histórico que jamais havia acontecido com qualquer outro time em todos os tempos. O New York Knicks, de torcedores apaixonados que sempre lotam o Madison Square Garden, não poderia mais viver esta sina. Um time com jogadores do nível de Carmelo Anthony e Amar'e Stoudemire não podia se permitir ser varrido pela terceira vez seguida nos playoffs da NBA. Por isso a equipe jogou com tanta raça e vontade o jogo três da série, que mais uma vez resultou em derrota para o Miami Heat. Só que no jogo quatro essa história tinha que mudar, precisava mudar, mesmo que fosse contra um Miami Heat de três jogadores fantásticos e candidatos ao título. E essa história finalmente mudou.


A história poderia inclusive ser outra se a Linsanidade não tivesse acabado. E a lesão de Jeremy Lin que o deixou fora da temporada regular e dos playoffs foi apenas mais um dos inúmeros problemas do New York Knicks. Iman Shumpert se lesinou logo no primeiro jogo dos playoffs, Stoudemire ficou fora do jogo três porque após o jogo dois deu um soco no vidro que guardava um extintor e simplesmente destruiu músculos da sua mão. Neste domingo foi a vez de Baron Davis sai de quadra na maca, após torcer o joelho. Qual outro time tem tantos problemas que necessitem uma superação ainda maior a cada minuto? Qual time vem de 13 derrotas seguidas nos playoffs e precisa tanto de apenas um triunfo para ser feliz? O torcedor euforico sabe disso, Anthony sabe disso e exatamente por isso marca 41 pontos no jogo. O Knicks sofreu muito, mas venceu, finalmente venceu uma nos playoffs da NBA após tantos anos.

Passagens de avião precisam ser providênciadas, vamos para Miami novamente. Ingressos precisam ser fabricados e vendidos, vamos ter mais um jogo que parecia impossível de acontecer. Os papéis picados não precisam mais ficar guardados no teto do Madison Square Garden, finalmente alcançaram o propósito de estarem ali. O New York Knicks esteve muito próximo de se afundar mais uma vez, mas conseguiu sobreviver por mais um dia no melhor basquete do mundo. O New York Knicks não tem qualquer chance de fazer o que ninguém jamais fez em toda a história da NBA, reverter uma desvantagem de 0-3 nos playoffs, mesmo que Carmelo faça 50 pontos, que Stoudemire pegue todos os rebotes e até que Lin volte a jogar. Apenas dez times de 100 chegaram ao sétimo jogo após perder os três primeiros, é impossível passar por um dos  favoritos ao título, mas o Knicks finalmente venceu um jogo nos playoffs, Spike Lee agradece. (Foto: Jeff Zelevansky/Getty Images)

5 comentários:

Ron Groo disse...

Coisa difícil... Torcer pelo NYK.

Mas to triste.
Sem o D Rose, meu Bulls é um time dos mais comuns.
Deng não se apresenta, Noah amarela...
Tá difícil.

Net Esportes disse...

@Ron Groo: Mas Groo, seu time não era o Utah Jazz? !!!! he he !!

Mas até eu torcia para esse Bulls do Rose, só que sem ele não é difícil não ... é impossível.

Acho que é mais difícil torcer para o Bulls sem Derrick Rose do que para o Knicks !!!!!!!!!

Luiz Paulo Knop disse...

E tudo parece ficar mais fácil para Lebron James... será que assim ele finalmente vai perder a pose de amarelão ou será que de uma vez por todas ele vai cravar o seu nome como o maior "engana trouxa" da história?

Luiz Paulo Knop
www.resenhaesportiva.com

Net Esportes disse...

@Luiz: Pode crer Luiz, se perder será amarelão e se ganhar vai ser por causa do Wade e do Bosh. Ta perdido o James !!!!

Ron Groo disse...

Era, mas eu perdi o boné com o sax no lugar do J heheheheh

Go Bulls!