Californian nightmare for Los Angeles Lakers

16:28 Net Esportes 3 Comments

"Durma com um olho aberto, apertando seu travesseiro com força. Sai a luz, entra a noite. Pegue minha mão, Estamos indo direto para a terra do nunca" Junto com o Metallica, mergulhando em um mundo surreal aflorado por uma imaginação fértil que só mesmo nosso subconsciente pode alcançar. Sonhos agitados, impiedosos, cruéis e obscuros. Verdadeiros pesadelos no meio de uma noite quente e abafada. O suor escorre pelo rosto, com uma dor intensa no pescoço e uma vontade irresistível de simplesmente apagar ou se desligar. E tudo isso na Costa Oeste dos Estados Unidos. Onde o sol parece sempre brilhar mais forte. Californian nightmare. O Los Angeles Lakers não conseguirá dormir em paz na próximas noites.

Pesadelo enorme seria não ter um time formado por Kobe Bryant, Metta World Peace e Pau Gasol, reforçados com a chegada do veterano Steve Nash e uma das grandes estrelas da atualidade: Dwight Howard. O ex-jogador do Orlando Magic que não teve uma saída tão ruim como LeBron James da equipe que o draftou, ainda fez o favor de transformar o pesadelo em verdadeiras noites de terror. Tudo porque afirmou que a ideia era ter ido para o Brooklyn Nets e não para o sol da Califórnia. Mas ele está lá, feliz, conseguindo rebotes, marcando alguns pontos. Será o bastante? Será que foi suficiente liderar pelo menos uma estatística na pré-temporada? Será que o Los Angeles Lakers fez pré-temporada esse ano?

Robert Sacre e Jordan Hill estão aparecendo de vez em quando, mas quem iria esperar Devin Ebanks como cestinha da noite contra o Sacramento Kings? Cadê o Nash que foi cestinha no dia dez contra o Blazers ou aquele da Paz Mundial que liderou em pontos contra o Warriors em 7 de outubro? A surpresa só não foi maior porque Kobe Bryant não jogou. E foi por isso que o Lakers perderam então. Mas Kobe não teria jogado antes? Inclusive no dia 16 de outubro contra o Utah Jazz onde marcou 31 pontos. E onde o Lakers foi derrotado por aterrorizantes 114 pontos a 80. O Lakers perdeu naquele dia, no primeiro dia, depois no outro e no último também. O Los Angeles Lakers vive um verdadeiro californian nightmare. Eles perderam todos os oito jogos da pré-temporada da NBA. Um fato inédito em sua história.

Saudades eternas de Phil Jackson. Saudades dos bons tempos de Kobe Bryant. Saudades também de Shaquille O'Neal, ou será que o novo filho perdido do Magic será um dia tão bom quanto foi Shaq? Saudades dos tempos que as coisas eram melhores em Los Angeles, onde o time se entrosava, tinha um bom banco de reservas e ninguém mudava de nome em busca da Paz Mundial. Saudades dos tempos em que os sonhos eram tranquilos e podiam ser realizados, quando a equipe não era derrotada oito vezes consecutivas, e ainda por cima na pré-temporada da maior competição de basquete do planeta. Em todos os tempos ninguém que perdeu todos os jogos da pré-temporada conseguiu chegar na grande decisão da NBA. Será que o Lakers consegue? Será que Dwight Howard fará o que nunca fez em Orlando? Será que Kobe ainda tem gás? Ou será que todos os sonhos serão eternos pesadelos?

3 comentários:

Luiz Paulo Knop disse...

O Lakers não costuma fazer boas pré-temporadas quando é campeão, mas esse ano exageramos... 0-8 foi demais pro meu coração...

Ainda assim acredito que com o decorrer do ano e com os 82 jogos garantidos, sem muitas contusões, o time vai pegar liga e saíra campeão!

Go Lakers!

Luiz Paulo Knop
www.resenhaesportiva.com

Net Esportes disse...

@Luiz: Apesar do Kobe já ser um veterano, esse time do LAkers na teoria tem que brigar pelo time sem dúvida alguma.

Ron Groo disse...

Sei não, lá vem fiasco. E eu vou rir muito.