Com agradecimentos especiais do Brooklyn

15:23 Net Esportes 0 Comments

Não é o maior distrito de Nova York, mas é o mais populoso deles. O condado dos Reis é o sétimo mais populoso em todo o território americano. Você pode morar no Brooklyn Heights, bem perto da Brooklyn Bridge, ou em Prospect Height, onde poderá aproveitar as mordomias do Prospect Park, um dos melhores parques da Big Apple. Pelas linhas amarelas ou laranjas do metrô você passa por Flatland, Sheepshead Bay, Gravesend e chega até Coney Island, para aproveitar a praia, o parque de diversões e claro comer um hot dog no Nathan´s Famous. Esse é o Brooklyn, longe do Bronx, dividindo espaço com o Queens e admirando Manhattan. Eles são melhores que Staten Island, mas eles não viam a hora de relembrar o seu tão lindo e grandioso passado esportivo.

Do tempo em que as ligas menores do beisebol eram unanimidade. Do tempo em que o Brooklyn Dodgers escreveu uma história tão perfeita que ninguém jamais irá esquecer. Antes de irem para a Califórnia, Jackie Robinson chegou em 1947, a triste derrota na World Series de 1956, e logo contra o New York Yankees. Foram tempos de ouro, tais como os tempos do Polo Grounds. Seria incrível se houvesse um estádio no Brooklyn, um estádio de beisebol, para ver homers em todos os cantos, para ver o esporte de volta novamente. Mas esse sonho ficará para o futuro, porque o sonho de pelo menos ver o esporte de volta ao condado de Kings finalmente está se realizando. E mais do que isso esse retorno está acontecendo em grande estilo.

Não poderia mesmo ser diferente no bairro onde nasceram Vince Lombardi, Mike Tyson e Joe Torre. Até mesmo Michael Jordan, que cresceu na Carolina do Norte, é um nativo do Brooklyn. Exatamente a mesma condição do rapper Jay-Z, um dos responsáveis pelo retorno do esporte ao Brooklyn. Ele ajudou a trazer o Nets da cidade vizinha, New Jersey chora enquanto a vizinhança de Fort Greene agradece. O Nets agora é o Brooklyn Nets e eles vão jogar a NBA no Barclays Center. Tudo com com agradecimentos especiais do Brooklyn. Tudo porque a história não para por aí, agora não é apenas o Madison Square Garden que pode receber grandes eventos, shows de música e algo mais. Agora o Brooklyn também é pauta e o Brooklyn quer mais esporte. E o esporte volta para o Brooklyn.

Danny García, um boxeador. Um lutador que já havia subido no ringue 24 vezes e conseguido 24 vitórias, sendo 16 por nocaute. Danny García sobe no ringue pela 25ª vez para alcançar sua 25ª vitória contra o mexicano Érik Morales e isso aconteceu no Barclays Center, isso aconteceu no Brooklyn, com Mike Tyson assistindo de perto e aplaudindo com a felicidade de uma criança no Natal. No dia primeiro de novembro o Knicks estará lá, e logo virão Lakers, Celtics e Heat. O esporte voltou ao Brooklyn e promete muito mais. Porque mesmo que esse ano a NHL ainda não tenha começado, em 2015 ela vai acontecer. E muito provavelmente vai acontecer no Brooklyn também, no Barclays Center, pois o New York Islanders já está de malas prontas para deixar Long Island para trás, com agradecimentos especiais do Brooklyn.

0 comentários: