Bobcats muito mais ligados à Michael Jordan

17:50 Net Esportes 2 Comments

A cidade de Charlotte, na Carolina do Norte, nunca foi uma cidade muito esportiva. Em 1976 surgiu o Charlotte Knights, de uma liga internacional de beisebol. Já em 1990 o hóquei passou a ter um representante e em 1993 o futebol já contava com duas equipes. Times surgiram no ano passado e em 2006 também, mas nada se comparava ao surgimento do Carolina Panthers, em 1995, que desde então atua na NFL. Exceto talvez pelo Charlotte Hornets, que jogava na NBA desde 1988. O problema é que o Hornets foi embora, se mudou para New Orleans, deixou a "Queen City" orfã do basquete, e alguma coisa precisava ser feita de maneira urgente. Um grupo liderado por uma rede de Televisão, um milhonário africano e até o rapper Nelly fizeram a história começar a mudar em 2002, até que em 2004 surgiu o Charlotte Bobcats, para representar Charlotte na NBA novamente.

O Bobcats, ou o Lince, um predador adaptável que habita ambientes diversos. Primeiro o Charlotte Coliseum (entre 2004 e 2005), e agora a Time Warner Cable Arena. Bobcats é meio esquisito, dizem que tem haver com o antigo dono Robert "Bob" Johnson, ou seria talvez "Os gatos do Bob", em uma tradução mais direta. Deve ser por isso que todos gostariam tanto que o nome fosse Hornets novamente, desde que New Orleans passasse a se chamar Pelicans. O começo é sempre difícil, mas ninguém imaginaria que as coisas iriam ficar tão terríveis em futuro próximo; Principalmente depois da temporada 2009-10 quando o time chegou nos playoffs após uma campanha de 44 vitórias e 38 derrotas. Acabaram sendo atrpelados pelo Orlando Magic de Dwight Howard, mas pelo menos estavam lá.

Aqueles tempos não eram bons à toa. O time contava em seu elenco com nomes de peso. Faziam parte da equipe Raymond Felton e Tyson Chandler, que hoje estão detonando no New York Knicks. Além de Stephen Jackson, que vivia um dos melhores momentos de sua carreira sendo o cestinha do time em vários jogos. Todos acabaram indo embora e com eles se foi o sonho do Bobcats. Um sonho que se renovou quando a equipe foi comprada por Michael Jordan. O maior jogador de todos os tempos da NBA passou a ser o novo dono do Charlotte Bobcats. E assim o Charlotte Bobcats viveu na temporada do ano passado o maior drama que um time da NBA poderia viver em todos os tempos. Com uma campanha de sete vitórias e 59 derrotas, eles tiveram um percentual de 10.6%, simplesmente o pior da história do melhor basquete do mundo.

Michael Jordan continua lá. Às vezes até aparecendo no treino para bater bola com os jogadores e tentar orientá-los um pouco melhor que o técnico Mike Dunlap. Melhor seria ele mesmo entrar em quadra, aos 49 anos deve fazer muito mais que muitos jogadores estão fazendo. Ou pelo menos que fizeram no início da temporada, quando venceram sete partidas em doze, igualaram a marca do ano passado e sonharam fazer muito melhor, mas não fizeram. Depois de derrotar o Washington Wizards eles conseguiram perder 18 vezes seguidas, até finalmente passarem pelo Chicago Bulls. Esse é o Charlotte Bobcats de Michael Jordan, cade vez mais ligados ao mito, pois até as suas duas últimas vitórias foram justamente contra os dois únicos times onde Michael Jordan jogou na NBA.

2 comentários:

Ron Groo disse...

Mas ser dono não era garantia de sucesso para o time, era?

Net Esportes disse...

@Ron Groo: Acredito que não Groo, porém também não era para ser tão ruim como vem sendo. E ainda mais com essas coincidências de só ganhar dos times onde o Jordan passou. Muito loko !!!!!!