Boston é centenário depois de 62 anos

09:50 Net Esportes 0 Comments

Red Sox 1946
O mundo hoje é um pouco diferente do era em 1946. Na verdade é muito diferente, mas algumas coisas que aconteceram naquela época só voltaram a acontecer novamente agora, depois de 62 anos. A Segunda Guerra Mundial havia terminado um ano antes, os tempos não eram fáceis e no Brasil (que hoje vive um clima de novas eleições), quem assumia o poder era Eurico Gaspar Dutra. O país promulgou uma nova Constituição e proibiu os jogos de azar, enquanto que em Paris o estilista Louis Réard exibia em uma piscina uma peça de roupa que por aqui ficaria cada vez menor e seria um dos maiores sucessos das praias: O biquíni. Neste mesmo ano nasceu Donald Trump, George W. Bush e Bill Clinton, que em uma ordem inversa aos dias de seus nascimentos se tornariam presidentes dos Estados Unidos. Já no âmbito esportivo quem nasceu foi Emerson Fittipaldi em dezembro, enquanto que em junho a BBA (atual NBA) era criada. No beisebol, por sua vez, o destaque era o Boston Red Sox, que buscava obstinadamente pelo título que não vinha desde a saída de Babe Ruth. Esse ano de 1946 parecia diferente, especial, a equipe alcançou uma marca centenária e tudo caminhava para o fim daquele terrível jejum.

O Boston Red Sox tinha um time gigante em 1946. Este foi mais um ano que contou com a participação do lendário Ted Williams, que foi uma dos maiores jogadores de beisebol de todos os tempos. Ted tinha 27 anos de idade e marcou 38 home runs naquela temporada, além de impulsionar 123 corridas com 169 rebatidas válidas. Não foi por acaso que o Red Sox aposentou a sua camisa número 9 em 29 de maio de 1984. Um outro grande jogador daquele ano que também teria a camisa aposentada foi Bobby Doerr; Ele tinha 28 anos e marcou 18 home runs com 116 corridas impulsionadas. Havia ainda Johnny Pesky, cuja camisa 6 fora aposentada apenas em 2008, sem falar no arremessador Tex Hughson que tinha um ERA de 2.75 e Dom DiMaggio, que era o irmão caçula do grandioso Joe DiMaggio, jogador do rival New York Yankees. Com um time desses tão forte era natural que os resultados fossem os melhores possíveis, tanto que a equipe acabou fazendo uma das melhores campanhas de sua história na fase de classificação.

Em 1946 o mundo era diferente do atual, bem como o campeonato de beisebol da MLB. Naquele tempo haviam apenas duas ligas sem nenhuma divisão dentro de cada uma delas. É claro que os Yankees já estavam na mesma Liga Americana que o Boston Rede Sox. Não havia playoffs e a World Series era disputada pelo vencedor de cada uma das ligas na fase de classificação, ou temporada regular, nome que já era usado naqueles tempos. A quantidade de jogos também era menor, sendo 154 contra os atuais 162. Os Yankees não foram muito bem, terminando com 87 vitórias e 67 derrotas. Já o Detroit Tigers era um pouco melhor, alcançando 92 vitórias e 62 derrotas. Mas nenhum dos dois, assim como nenhum time daquele ano, conseguiu ser melhor do que o Boston Red Sox. A equipe comandada por Joe Cronin conseguiu alcançar uma marca centenária ao vencer um total de 104 jogos, tendo perdido apenas 50. O torcedor já começava a sentir que o título estava cada vez mais próximo do Fenway Park novamente, mas não foi o que acabou acontecendo.

Ninguém chegou a incrível marca de 100 vitórias naquele ano, mas o St. Louis Cardinals chegou bem perto alcançando 98 triunfos. Eles eram os grandes oponentes na World Series e a vantagem era do Boston, que poderia jogar três jogos seguidos em casa após ter jogado dois seguidos fora. Se não bastasse, eles ainda conseguiram vencer o primeiro duelo em 10 entradas, dando um passo muitíssimo importante para acabar de uma vez com a "Maldição do Bambino". Mas não esperavam perder em seus próprios domínios no dia 10 de outubro daquele que até então vinha sendo um maravilhoso ano de 1946. Quando a série voltou para St. Louis não haviam mais forças para manter o número de vitórias crescendo. A equipe perdeu duas vezes seguidas e disse adeus ao sonho de acabar com um jejum que ainda atormentaria a cidade de Boston por muitos e muitos anos que vinham pela frente.

O sonho de se tornar campeão da MLB mais uma vez voltaria a ser realizado em 2004, após 86 anos de espera, se repetindo em 2007 e 2013. Mas em nenhuma dessas campanhas o Boston Red Sox conseguiu ser centenário outra vez como fora em 1946. Isso só voltou a acontecer agora em 2018, quando o time chegou à sua centésima vitória na noite do dia 12 de setembro. A equipe que vem fazendo uma campanha inacreditável conseguiu vencer por 100 vezes em apenas 146 jogos, uma marca incrível cujo time mais próximo é o Houston Astros com 92 vitórias. Contando com um dos melhores inícios de temporada, o time chegou a viver um momento difícil vendo o New York Yankees ser até melhor, mas logo engatou uma quinta marcha e não parou mais de abrir vantagem. Hoje tem dez vitórias a mais que o rival que corre até o risco de não se classificar aos playoffs. As coisas estão indo muito bem e podem ser ainda melhores, principalmente se ao contrário de 1946 essa campanha maravilhosa terminar com a conquista do título. Por sorte o St. Louis Cardinals está em terceiro lugar na Divisão Central da Liga Nacional, atrás de Chicago Cubs e Milwaukee Brewers; Se eles não seguirem em frente meio caminho já está andado.

0 comentários: