Campeões 2020: Liverpool

11:26 Net Esportes 0 Comments

Em 2019 o Liverpool ganhou a Champions League e o Mundial de Clubes da FIFA, onde superou um badalado Flamengo na grande decisão. Em nenhuma dessas duas oportunidades destacamos aqui neste blog estes dois feitos extremamente grandiosos. Tanto a Champions quanto o Mundial de Clubes fazem parte do nosso calendário esportivo anual e possuem potencial para elevar seus campeões à destaques do ano, mas a forma como tudo ocorreu não teve força suficiente diante de outros acontecimentos daquele ano. Se o Flamengo fosse o campeão do Mundial talvez tudo fosse diferente. Agora, passado algum tempo, o Liverpool enfim ganha o seu merecido destaque, pois conseguiram um título que não vinha havia 30 anos.

Um título de campeonato inglês nem se compara à uma Champions League ou um Mundial de Clubes, mas para um time que não conseguia ser campeão desde 1990 a comparação não é tão simples assim. No final do ano passado foi até cogitado que o Liverpool iria para a final do Mundial com um time misto ou reserva, para não prejudicar a sua campanha na Premier League. No primeiro jogo contra o Monterrey, do México, Firmino e Alexander-Arnold começaram no banco. Todo o cuidado com as grandes estrelas era pouco, afinal 30 anos não são 30 dias. Havia um objetivo maior, uma meta que parecia uma rotina, mas que depois de 1990 se tornou uma raridade.

Depois que o técnico Jürgen Klopp chegou em 2015 as coisas foram mudando aos poucos. Grandes jogadores como Keita, Mané e Salah começaram a fazer uma diferença ímpar nas partidas. Na temporada do ano passado faltou muito pouco, apenas um ponto separando a equipe do Manchester City e da glória maior. Mas em 2020 isso teria que mudar, e finalmente mudou. Não importou nem a grande parada por causa da Pandemia de Coronavírus, não teve problema que os estádios estavam vazios sem os tão fervorosos e incentivadores torcedores. O Reds pintou a cidade dos Beatles de vermelho novamente, depois de longos e intermináveis 30 anos, para aquele que talvez possa ter sido um dos dez maiores feitos esportivos do ano de 2020.

0 comentários: