Sempre no quase

18:49 Net Esportes 4 Comments

As esquiadora norte-americana Julia Mancuso passou novamente muito perto de sua 1ª vitória nesta temporada, a atleta de 23 anos chegou pela 4ª vez em segundo lugar e ficou mais uma vez no quase, mesmo assim essa rotina amarga não pode ser considerada como muito ruim pois lhe garantiram uma posição confortável na classificação geral.

Por exatos 0,23 segundos, Mancuso perdeu a vitória na Copa do Mundo de Super G, realizada hoje em Cortina D'Ampezo (Itália), o primeiro lugar foi da austríaca Maria Holaus, que por sua vez conseguiu a 1ª vitória na carreira, em terceiro terminou Nicole Hosp "Eu ainda estou tentando vencer uma corrida este ano, mas aos poucos caminho para o primeiro lugar" disse Mancuso que ainda possui dois terceiros lugares e na temporada passada venceu 4 provas.

Com os resultados a norte-americana, campeã olímpica do Giant Slalom em 2006, pulou para a terceira colocação na classificação geral com 639 pontos, logo à sua frente está sua compatriota Lindsey Vonn, vencedora da prova downhill disputada no sábado, e em primeiro permanece Nicole Hosp com 759 pontos.

Masculino - Bode Miller, dos EUA, consegui sua 28º vitória da carreira ao faturar o Super Combinado enquanto que Jean-Baptiste Grange, da França, levou o Slalom. Na classificação geral da Copa do Mundo de Esqui Alpino o Benjamin Raich está na liderança com 860 pontos. (Foto: Christophe Simon/AFP)

- WORLD CUP SKIING

4 comentários:

Fênix Dualista disse...

nao é bem esse meu esporte preferido, mas teu blog ta bem diversificado.

gostei.

João Victor disse...

finalmente um blog q eu entro hj com assuntos legais...
deve ser massa esqui, pena q eu n sei PN...
belo blog...

Me disse...

Seu sempre difícil aceitar o segundo lugar com um tal curta margem. Posso entender como pode ser Julia Mancuso sentimento atthat momento, ainda tenta nunca parar, tenho a certeza que ela tem muito tempo para concorrer novamente e conquistar o primeiro lugar no próximo ano!

Pocow Woolf disse...

Hum, ficar em primeiro é bom, mas ficar em segundo não é tão ruim assim. Os argentinos são um exemplo, não gostam de ficar em segundo lugar.