Holandês brilha

18:58 Net Esportes 7 Comments

Cristiano Ronaldo errou sua cobrança na decisão por pênaltis da final da Liga dos Campeões em Moscou, na Rússia, mas aquele que pode ser considerado o melhor do mundo em 2008 já havia marcado o seu no tempo regulamentar, onde o seu time, o Manchester United, acabou empatando em 1 a 1 com o Chelsea, e pra sorte do português o título veio, depois que a estrela de um certo holandês brilhou mais forte.

Com o erro de Cristiano Ronaldo, os Blues tinham tudo para vencer a Champions pela primeira vez em sua história, porém na sua quinta e decisiva cobrança, a chuva que caía forte no estádio Luzhniki fez a grama molhar demais, e assim o capitão John Terry escorregou e chutou pra fora, a tensão entou tomou conta dos jogadores e quem acabou decidindo foi o goleiro Van der Sar, que defendeu a cobrança de Anelka.

A festa ficou com os Red Devils, que chegaram ao seu tri campeonato no maior e mais organizado campeonato de clubes do mundo, a taça selou uma campanha primorosa do Manchester que não perdeu nenhum jogo, na segunda fase passou por clubes como Lyon, Roma e o todo poderoso Barcelona, Cristiano Ronaldo ainda terminou como artilheiro com oito gols.

A final em Moscou foi a primeira da história realizada por duas equipes inglesas, mais do que isso, Manchester e Chelsea travaram um duelo duro e cheio de confusões entre os jogadores, o clima de guerra era compreensível, já que os Blues haviam perdido por pouco o título inglês para esse mesmo adverário. O jogo histórico dessa quarta-feira marcou também o recorde de partidas do veterano Ryan Giggs pelo Manchester, superando o lendário Bobby Charlton. (Foto: Adrian Dennis/AFP e Shaun Botterill/Getty Images)

-
CHAMPIONS LEAGUE
- SEMIFINAIS
- QUARTAS-DE-FINAL
- OITAVAS-DE-FINAL
- FINAL DA PRIMEIRA FASE

7 comentários:

Daniel Leite disse...

Que jogo! Teve de tudo nesta partida - todos os ingredientes típicos de uma decisão. No final, ganhou o melhor time na temporada, embora não o tenha sido no jogo, especialmente no segundo tempo.

Até mais!

Filipe Araújo disse...

esta passagem de Van der Sar pelo Manutd pode ser resumida a uma só palavra: Renascimento.

incrível final.

abrazo!

http://gambetas.blogspot.com

Fabio disse...

van der sar na minha opiniao eh o melhor do mundo!

Leandro disse...

Muitíssimo obrigado pela visita e pelo comentário lá no meu blog. Gostei muito do seu, fala tudo sobre todos os esportes o que é um pouco raro no Brasil (incluindo os jornais, programas de tv).
Quanto a decisão da Champions, gostei do resultado, mas como sempre, acho que os ídolos não deveriam errar nesses momentos. Claro que são seres humanos e estão vulneráveis ao erro, mas assim como Lugano na Copa América contra o Brasil, achei um crime Terry perder o pênalti. Nessas horas, os escorregões passam de mero acidente para nervosismo.
Voltarei sempre aqui. Vou linkar lá no meu blog.
Abraço

Leandrus disse...

Triste que essa final vai ficar marcada pelo choro de Terry, quando mais culpado que ele foi o Anelka, que perdeu pênalti e não fez absolutamente nada durante o jogo; ao contrário, só atrapalhou.

Ateh!

Essa pelada aí foi a preliminar de Flu x São Paulo hehehe! Brincadeiras à parte, foi um jogão também. Eu estava torcendo pro Chelsea, mas não fiquei muito triste. A estrela de Renato Gaúcho ainda é bem maior do que a de Cristiano Ronaldo...

Grande abraço!

Gustavo Coelho

André Augusto disse...

Grande jogo. O Chelsea mereceu mais na final. Na temporada, só deu Manchster. Então, td certo!

Van der Sar, monstro!