Busca por cinturões

20:12 Net Esportes 2 Comments

Carente de novos ídolos, a categoria dos pesos pesados no boxe vê um ucraniano como o grande nome da atualidade, e seu grande objetivo é unificar os quatro cinturões, Vladimir Klitschko detém os títulos da Federação Internacional (FIB) e da Organização Mundial de Boxe (OMB) e quer os da Associação Mundial e do Conselho Mundial de Boxe, para isso segue vencendo.

A última vítima de Klitschko foi norte-americano Tony Thompson, que perdeu a luta realizada neste sábado em Hamburgo, na Alemanha, por nocaute no décimo round. O ucraniano não poupou elogios ao rival que não perdia havia oito anos, porém festejou muito a vitória número 51 de sua carreira, sendo este seu 45º nocaute, o pugilista de 33 anos só perdeu três vezes até hoje.

O triunfo deste sábado serviu também para calar a boca dos críticos, que eram muito severos devido ao fato dele ter caído por nocaute nas três vezes que não venceu, o lutador trabalha bastante fora dos ringues para conquistar mais fãs, principalmente nos EUA onde existe um grande mercado para o Boxe.

No final do ano Vladimir enfrentará o russo Alesander Povetkin e prevê grande dificuldade - "Ainda sou campeão, mas estes títulos deixam os adversários mais motivados." disse o ucrâniano que precisa derrotar ainda Ruslan Chagaev, do Uzbequistão e o nigeriano Samuel Peter, que estão com os cinturões da AMB e do CMB respectivamente. (Foto: /Getty Images)

2 comentários:

Daniel Leite disse...

Estranho ver que os EUA não produziram um novo Mike Tyson. De todo modo, é bom observar um ucraniano dominando a categoria, para tornar o boxe um esporte com forças mais distribuídas pelo mundo.

Até mais!

Vinicius Grissi disse...

Há muito tempo eu não vejo uma luta de boxe. Saudades dos velhos tempos de Mike Tyson.