Histórias da F-1 I

11:38 Net Esportes 12 Comments

A temporada de 1988 da Fórmula 1 foi marcada por dois grandes acontecimentos, era o último ano que a categoria usava os motores turbo, e era o primeiro de Ayrton Senna na equipe McLaren, o piloto brasileiro chegou com garra e determinação, mas travaria um duelo espetacular contra o novo companheiro de equipe, o francês Alain Prost.

Foi um ano glorioso para a equipe inglesa que venceu 15 das 16 corridas, os adversários não tinham muitas chances e as batalhas na pista se resumiam entre Senna e Prost, o francês já era bi-campeão e queria privilégios, mas o brasileiro era aguerrido e só pensava na vitória, foram oito contra sete, sendo a maior e mais emocionante no GP do Japão.

Madrugada de 30 de Outubro de 1988 no Brasil, só a vitória interessava a Senna para que a decisão do título Mundial não fosse para a última corrida na Austrália, a luz verde acende mas Senna não anda, o carro falha e ele perde várias posições, parte em 16º e inicia ali uma corrida de recuperação fantástica, já na segunda volta ocupa a sexta colocação.

Senna continuou ultrapassando adversários e desfrutou de uma breve chuva que caiu durante a prova, com sua imensa habilidade de pilotar em piso molhada pulou para o segundo lugar, a água que sempre atrapalhou Prost se foi e em igualdade de condições Senna passou o maior rival na volta 28, com o francês ainda tentando lhe jogar para fora da pista mas ficando para trás em uma manobra emocionante do maior piloto de todos os tempos.

Senna então venceu a corrida até com vantagem de mais de treze segundos para Alain Prost, conquistou seu primeiro título mundial na Fórmula 1 e cravou seu nome na história, o duelo prosseguiu nas temporadas seguintes nem sempre com final feliz para o brasileiro, que mesmo assim não deixou de alcançar muito mais sucessos em uma carreira que anos mais tarde acabaria de forma trágica. (Foto: Arquivo)

12 comentários:

Meu cunhado tem um DVD com todas as temporadas do sena na formula 1 ... que época maravilhosa de pegas inesquecíveis entre sena e prost, piquet e outros.

Leandro disse...

Sessão nostalgia. Sou fã de Ayrton Senna, ele foi um dos maiores gênios do esporte.
Os pegas dele contra Prost foram sensacionais. Era a guerra entre dois gênios e era difícil prever quem venceria a batalha. E Senna sempre dizia que Prost é que era a motivação dele para correr.
Abraço

Michell Niero disse...

Pude acompanhar quando era moleque as manhãs - e madrugadas - de Ayrton Senna. Traz saudade daquelas equipes esdrúxulas (Larrouse, Simtek, Andrea Moda) e de outras nem tanto (Lotus verde).

Lembro também, com certa nostalgia, dos Gps de Mônaco. Principalmente destes - não sei porquê mas sempre acordava de manhã pra vê-los.

A F-1 hoje parece estar resgatando as raízes, embora sem o mesmo charme. Parece que falta alguma coisa. Não sei o que é, mas falta.

Leo Moraes disse...

Minha mãe é completamente fã dele, como o meu Tio, que foi ao Velório, era possível ver meu tio no velório. (minha mãe que disse, pois eu tinha apenas 1 ano) =D

Abraços.

THIAGO PAULO disse...

Não sou muito fã de corrida de formula 1, mais Senna foi um ídolo para todos, até mesmo para que não curte esse esporte.

Quantas vezes ele fez a gente se emocionar, não é mesmo?!
Foi das maiores perdas do esporte brasileiro.

Abraços...

Marcelonso disse...

Foi um ano fantástico,poucos apostavam na McLaren no inicio do ano,tudo apontava para um ressurgimento da Ferrari pela treinos de inverno.

Mas o que foi visto foi um dominio esmagador do time ingles,que só não venceu todas as provas da temporada,por um equivoco do destino,um ano memorável o primeiro caneco do eterno campeão Ayrton Senna.

Ricky_cord disse...

Dois dos melhores pilotos de sempre em toda a história da Fórmula 1

Fabio Bustamante disse...

Ayrton Senna e Alain Prost, esses dois fizeram história, não só na da Fórmula 1, mas na história do esporte também. O Ayrton Senna é um dos maiores exemplos que o Brasil já viu, de humildade e amor à bandeira. Essas histórias que você colocou no blog são bem legais, e lendo-as, aprendi muitas coisas que ainda não sabia sobre alguns esportes!

www.futebolediscussoes.blogspot.com

Senna é o cara!
Nunca vai haver outro igual..
o cara virou mito!
Beijos

Sabia que Senna era vitorioso, mas saber a forma como obteve sua primeira vitória foi muito bom...
Eu que não me interesso tanto assim por esportes, achei teu texto envolvente e com muita emoção.
Parabéns.

Vinicius Grissi disse...

O Senna foi incrível, não apenas nesta temporada. Queria acompanhar novamente este mundial.

luiz scalercio disse...

cara seu blog e bellissimo tem estoria de esporte legal.