Um milhão de dólares

18:25 Net Esportes 7 Comments

Ganhar um medalha de ouro nos Jogos Olímpicos tem um valor inestimável para um atleta, mas na competição de atletismo mais dourada do planeta ganhar ouro pode valer 1 milhão de dólares, é assim na Golden League quando um competidor vence todas as seis etapas do ano, feito que foi alcançado pela jovem queniana Pamela Jelimo, de apenas 18 anos de idade.

Jelimo venceu todas as competições dos 800m rasos, a última hoje em Bruxelas, que encerrou a temporada da Golden League e lhe rendeu o maior prêmio da competição, outra atleta que também estava na briga pelo grandioso prêmio dado pela Federação Internacional de Atletismo (IAAF), era a croata Blanka Vlasic, mas ela falhou novamente.

Com uma nítida desolação no final da disputa do salto em altura, Vlasic perdeu a grande chance de levar também o prêmio de U$ 1 milhão após ter acumulado cinco vitórias e amargar o segundo lugar na Bégica, perdeu no desempate para Ariane Friedrich, assim como em Pequim 2008 quando depois de 28 vitórias seguidas foi superada por Tia Hellebaut, terceira na etapa desta sexta-feira.

O término da Golden League ainda ficou marcado pela grande disputa nos 100m rasos masculino, mais uma vez tendo o jamaicano Usain Bolt na primeira posição com o seu compatriota Asafa Powell em segundo, o país caribenho ainda alcançou a terceira e quarta colocação na prova, já no salto com vara feminino a vitória, como sempre, ficou com Yelena Isimbayeva, mesmo com a marca ruim de 4,72m. (Foto: Ian Walton/Getty Images)

- GOLDEN LEAGUE

7 comentários:

Leandrus disse...

Incrível como a Jamaica vai crescendo como um foguete no atletismo...

Nossa me dá so 5% desse dindin todo ahuahuhuHUhaa

Amanha tem F-1
Hamilton na pole rsrsrsrsrsrs

Arthur Virgílio disse...

Esse Usain Bolt tem motivo para ser aquela mala. O bixo é bom mesmo. Largou atrás e fez uma corrida de recuperação. Além disso, está rico.

Marcos Garcia disse...

Nossa, que bacana, nem sabia disso, é ótimo pra dar mais um animo paras os atletas tentarem sempre melhorar mais e mais!

Vinicius Grissi disse...

Dá pra guardar um dinheirinho e comprar algumas coisas hein?!

Um dia eu chego lá...

Daniel Leite disse...

São admiráveis esses atletas polivalentes. Produzir grandes desempenhos em várias provas, ou, no caso de Jelimo, na mesma prova em diferentes lugares, representa um feito muito grande. Enquanto isso, Usain Bolt segue brincando... Ganha até quando arranca mal - estamos falando de 100m rasos! - e quando o adversário é o ex-recordista mundial.

Até mais!

Leandro disse...

E agora, qual será o objetivo de Jelimo que atingiu o topo aos 18 anos?
E 4,72 é uma marca horrorosa para Isinbayeva. Ela devia está dopada pra saltar só isso, já que o normal dela é saltar mais de 5m...
Abraço