Agora o maior de todos

10:06 Net Esportes 13 Comments

Pouco mais de 72 mil pessoas lotaram o Raymond James Stadium em Tampa, mais 230 países do Mundo assistiram ao Super Bowl XLIII, todos foram testemunhas da excepcional jogada conseguida por James Harrison, jogador de defesa que interceptou a bola e correu exatas 100 jardas, todo o campo, para marcar o touchdown, um recorde em toda a história da decisão, só por isso o Pittsburgh Steelers já merecia o título de campeão.

Mal na partida, o Arizona Cardinals vê o adversário abrir 20 a 7 no placar, mas o quarterback veterano Kurt Warner inicia a recuperação da mais antiga equipe do Futebol Americano, começa acionar o até então sumido Larry Fitzgerald, marca um touchdown, um safety e outro touchdown, uma reação abslotamente espetacular e virada por 23 a 20 faltando pouco menos de três minutos para o fim do jogo, só por isso o Arizona Cardinals já merecia o título de campeão.

Se o jogo já estava emocionante até ali, ficou ainda mais quando foi decido faltando 35 segundos para o final, Ben Roethlisberger, que havia sido o quarterback mais novo no Super Bowl de 2006 e teve ali também a pior atuação de um jogador dessa posição mesmo sendo campeão, deu a volta por cima, jogou com muito mais calma mesmo com tanta pressão, lançou a bola para a end zone e encontrou Santonio Holmes, era o touchdown decisivo, o touchdown do título do Pittsburgh Steelers.

O primeiro a conquistar seis títulos, é agora o maior de todos na NFL, em uma decisão espetacular e cheia de alternativas, imprevisível até o seu final, que tem fãs apaixonados em todo o Mundo, principalmente nos Estados Unidos que garante a maior audiência de um evento na TV. O Arizona Cardinals quase fez história ao chegar perto do seu primeiro título em mais de cem anos de existência, e o Pittsburgh Steelers fez história se tornando o primeiro hexacampeão, com Holmes eleito MVP e a festa merecida garantida para a equipe de Mike Tomlin. (Foto: Timothy A. Clary/AFP)

- NFL

13 comentários:

Vinicius Grissi disse...

Um evento cada vez melhor. É impressionante como sabem fazer o Super Bowl tornar-se algo incrível para quem assiste. Fantástica decisão! Não acompanho a liga, mas não perco a "final". E a decisão foi emocionante e acabou vencendo o melhor.

Loucos por F-1 disse...

Assisti esta final, meu Deus!!! Que jogo foi este? Simplesmente espetacular.

O Arizona Cardinals fez um primeiro tempo pífio e no segundo virou de forma incrível. Mas os Steelers mostraram porque tinham cinco títulos e acabaram levando o sexto.

Abraços

Leandro Montianele

André Augusto disse...

Big Ben fez uma ótima partida, mas o Holmes brilhou no final, além das 100 jardas fantásticas que resultaram o touchdown do pesadão Harrison. Achei que o Warner deu uma amarelada no final. Mesmo assim, o Cardinals valorizou um SuperBowl emocionante, abrilhantando a conquista dos Stellers!

Kris disse...

ainda não vi o jogo, mas depois deste post, ainda estou mais curiosa.

Deni disse...

nao curto mto futebol americano..mas sempre vejo o superBowl
kkkkkkkk
porém se naum tiver algo mais interessante claro . . . .

parabens pelo blog.
quando der será bm vindo no meu vio.

o meu é:
www.bagageirodocurioso.spaceblog.com.br

abraço e ótima semana!

Alexandre Silva disse...

O que foi aquela corrida de 100 jardas???

O que foi aquele Touchdown do Cardinals no último quarto???

Puta merda, dps desse jogo de ontem ñ falo mais nada... virei fã incondicional, hahaha
Como disse o Paulo Antunes na transmissão: "eu assisti o SuperBowl uma vez sem entender nada, 2 dias dps eu já era fanático", hehehehehe

Sensacional aquele jogo de ontem. Nunca me imaginei ficar 5 horas em frente a TV vendo futebol americano, mas ontem compensou cada minuto. só acho que pelo tanto que o Kurt Warner jogou, o Cardinals merecia o título...

Abraço
http://falandoprasparedes.blogspot.com

Costela disse...

Vi que você deu uma passada no Abutre e Costela, e viu o post sobre o Super Bowl.
O jogo foi verdadeiramete fantástico. Acho que vai ser um jogo que eu nunca esquecerei.
Parabens pela qualidade do seu blog.
Abraços
www.abutreecostela.blogspot.com

Pelirroja disse...

Nossa, também postei ontem sobre o Super bowl no meu blog. Mas falei dos comerciais, que utilizam o momento comercial mais caro, pois como vc disse, é o programa de maior audiência nos EUA.

Ontem fiquei o dia todo fora e ainda não vi o jogo... Dps que li o que vc ecsreveu fiquei curiosa. ;-)

Parabéns pelo blog. Já vi outros blogs sobre esporte, mas todos eles falavam apenas de futebol.

Uma ótima semana!

Ron Groo disse...

E a unica TV aberta que se dignou a mostrar um compacto do evento foi a TV Esporte interativo.
Quem gosta, como eu, sofre até pra achar noticias.

Os Estados Unidos (e creio q muito lugar por esse mundão) praticamente pára na noite de um super bowl. A precisão de jogadas daqueles grandalhões deixa a gente de queixo caido. São horas q a gente fica atentos na frente da TV, mesmo não entendendo muito, como um dos colegas q assistia com a gente... com 15 minutos de jogo ele não parava de perguntar. Com meia hora já tava dando pitaco... rsss
Agora, a corrida ponta-a-ponta do James Harrison, no final do segundo quarto, foi pra parar o jogo, fazer todo mundo comprar outro ingresso pra reiniciar a final. O melhor defensor da NFL bem q podia ganhar o título de melhor atacante tb.

Gde. abraço

Everton Domingues
www.beijingolimpica.blogspot.com

Leandrus disse...

Meu Deus, que jogaço! Das 3 finais que vi, foi de muito longe a melhor. Jogo cheio de alternativas, reviravoltas, e atuações excelentes de ambos os quaterbacks. O título seria merecido para qualquer um dos times, com certeza.

E com certeza esse jogo vai ficar marcado como um dos melhores da história do Superbowl, até porque teve o recorde citado por vc e duas viradas no placar em jogadas sensacionais nos últimos minutos.

Ateh!

Lélia-LMSPP disse...

Um jogo simplesmente ma-ra-vi-lho-so, não poderia ser diferente para a decisão do super bowul XLIII.

Colts e Steelers, amo de paixão, cada time tem uma história em particular no meu coração..

Infelizmente a conquista do Steelers ficou ofuscada ante a morte precoce de nossa querida Michelle Splitter que foi vencida pela leucemia. Estamos com o coração em dor, MY era amiga inseparável do meu filho Rodrigo enquanto estudaram juntos no Bom Jesus em Joinville. Uma história de muito carinho e amor fraterno.

.

Lara Monsores disse...

Mike Tomlin, se não me engano, eh o segundo técnico negro a vencer o SB! E com muita competência! esse ano os negros norte-americanos estão dando um tapa na cara de qualquer conservador preconceituoso! Primeiro Obama, agora Tomlin... Eh a verdadeira Black Power!

Abs!
Lara Monsores
www.futehistoria.blogspot.com