As novas casas de NY

08:47 Net Esportes 3 Comments

O campeonato de MLB tem início neste domingo quando o atual campeão Philadelphia Phillies enfrenta o Atlanta Braves, visando a busca pelo bicampeonato, porém antes do arremesso inicial as atenções se voltam para a cidade de Nova York, onde duas equipes estão de casa nova, New York Yankees e New York Mets abriram nesta sexta-feira os portões de seus novos estádios, para eles a crise financeira mundial é apenas uma ilusão.

Os projetos são antigos e as obras foram demoradas, os investimentos então foram exorbitantes, os Yankees construiram no Bronx, bem ao lado do estádio que usavam, o novo Yankee Stadium, a um custo total de US$ 1,5 bilhão, já o Mets foi pouca coisa mais modesto, gastou US$ 800 milhões na construção do Citi Field, porém não aumentou o preço dos ingressos, tática do rival local na tentativa de recuperar tanto dinheiro gasto.

Porém apesar de gastar cerca de US$ 72,97 de média por ingrssos, os torcedores fanáticos dos Yankees estavam deslunbrados com o novo lar, modernidade extrema e conforto mais do que garantidos, tecnologia e gastronomia também não faltaram, e no final mais festa, vitória contra o Chicago Cubs por 7 a 4, alegria que também não faltou no Queens, onde o Mets passou pelo todo poderosos Boston Red Sox por 4 a 3.

Todo mundo de casa nova e todo mundo feliz em Nova York, mas temporada está apenas tendo seu início e o caminho até a World Series 2009 será longo e árduo, serão 2400 partidas entre todas as equipes até outubro, o Mets não ganham desde 1986, e os Yankees, maiores vencedores com 26 conquistas, amargam um jejum desde o ano 2000. A briga será difícil, e os times da maior cidade do mundo querem fazer a diferença com seu novos, modernos e luxosos estádios de beisebol. (Foto: /Getty Images)

3 comentários:

Daniel Leite disse...

É sempre legal a tentativa de renovação de uma casa, mas, mesmo com todo o conforto dos novos estádios, acredito que outra franquia de NY é a que mais demanda uma mudança: os Knicks!

Afinal, em jogos seguidos Madison Square Garden, foram 61 pontos do Kobe e 52 (com um quase-triple-double) do LeBron. O Mike D'Antoni precisa se benzer!

Mas, enfim, o beisebol já deu os primeiros passos. Vamos ver o que NY fará com seu basquete em decadência...

Até mais!

Vinicius Grissi disse...

Dinheiro para que te quero. O esporte americano não se abala com a crise porque é perfeito no sentido de marketing. É um lazer que o americano não troca por nada.

Leandrus disse...

Taí um esporte que preciso parar direito para assistir. Quando tentei, não tive paciência e logo desisti de ver. Fiquei completamente perdido nas poucas vezes que tentei ver beisebol.

OBS: Daniel, D'Antoni não precisa se benzer não, e sim aprender a fazer seus times marcarem também, rs