Segunda chance do Magic

00:07 Net Esportes 1 Comments

O jogo mal começa e Dwight Howard crava uma enterrada tão feroz que acaba quebrando o relógio dos 24 segundos de posse de bola que fica em cima da tabela, a jogada foi sem dúvida um exagero, mas mostrou ao adversário, o Cleveland Cavaliers, que o Orlando Magic vinha com raiva, vinha com vontade, com gana de vencer, e de fato acabou vencendo aquele primeiro jogo do confronto final do Leste, uma vitória que praticamente determinou sua ida às finais da NBA.

O Cavs teve a melhor campanha de toda a temporada regular, chegou arrasando nos playoffs onde venceu oito jogos sem perder nenhum, mas na hora da verdade acabou se perdendo, e ficando dependente demais de sua grande estrela, o MVP LeBron James, que mostrou no segundo jogo que é realmente fora de série, cesta de três pontos que garantiu a vitória por um no último segundo de jogo, a equipe respirava naquele momento, assim como quando venceu o jogo cinco, mas era pouco.

Com a vantagem do adversário revertida, o Orlando só precisou vencer seus jogos em casa e eliminar o Cavs em seis confrontos, mesma quantidade de partidas que precisou quando ganhou o título da Conferência Leste pela primeira vez em 1995, que era o único em sua galeria até hoje, o adversário da época foi o todo poderoso Chicago Bulls, que já era tricampeão e ganharia outros três títulos depois daquela derrota, no ano em que Michael Jordan havia sido superado por Shaquille O'Neal.

Jordan se aposentou mas O'Neal ainda joga, e assim como o maior jogador de todos os tempos já foi campeão, porém não foi com sua saudosa equipe do Orlando Magic, que perdeu para o Houston Rockets a decisão de 1995, e sim com o Los Angeles Lakers, onde não está mais, por isso está fora da final desse ano, já que o time que ainda conta com seu ex-parceiro Kobe Bryant, garantiu sua vaga na decisão mais uma vez ao passar pelo Denver Nuggets, e buscará o título perdido no ano passado para o Celtics, prometendo então acabar com a tão aguardada segunda chance do Magic.
(Foto: Doug Benc/Getty Images)

1 comentários:

Alexandre Silva disse...

Os meus 2 times rodaram nessas finais. Confesso que fiquei meio triste pq tva torcendo não pro CAVS, mas pelo Lebron. Acho que um gênio ocmo ele ñ pode passar a carreira sem o anel de campeão e esse ano tava tudo se desenhando. Mas ficou claro, que o Cleveland é só Lebron. West, Willians, Varejão... aff, precisa de pelo menos mais um all star ali se quiser ganhar alguma coisa. Se não um all star, pelo menos um Rashard Lewis (o que é esse cara da linha dos 3??).

Bom, vai dar Lakers. Infelizmente, pra mim pq ñ sou mto simpático a eles. Torço pro Magic na final, mas não acho que eles tem time pra segurar Kobe e Gasol.

Abraço
http://falandoprasparedes.blogspot.com