Um passeio de campeão

23:24 Net Esportes 6 Comments

Um passeio na Flórida, um passeio na série final, jogo equilibrado como o confronto épico entre Boston Celtics e Chicago Bulls só foi visto na partida número quatro, e o Orlando Magic só conseguiu uma vitória diante do Los Angeles Lakers, no jogo três, sua primeira e agora única em finais da NBA, foi o triunfo de honra para um time que lutou para estar na grande decisão, porém sem poder levantar a taça que tanto sonhava, mais uma vez privilégio dos já tão acostumados campeões da Califórnia.

No ano passado o Lakers ficou com o vice-campeonato, se não impossível era muito improvável superar a equipe do Boston Celtics, que neste ano sentiu demais a ausência de Kevin Garnett, os incentivos que vinham do banco eram muito motivadores mas sua presença em quadra seria muito melhor aproveitada, a eliminação veio diante do surpreendente Orland Magic, que conseguiu ir além do que se imaginava, tirando da disputa a favorito do Leste, o Cleveland Cavaliers, que antes da final da Conferência não sabia o que era perder nos playoffs.

Os olhares perplexos dos jogadores no final do jogo cinco tinham uma explicação, e não era só porque o Lakers estava vencendo com muita facilidade, mas sim porque chegaram na final novamente e não puderam vencer, amargaram mais uma vice-campeonato depois do de 1995, e mais uma vez tendo como grande estrela e esperança o pivô da equipe, no passado Shaquille O'Neal, nos tempos de hoje Dwight Howard, o 'superman' que teve excelente desempenho nos rebotes, mas nada que pudesse fazer a diferença na hora de levantar a taça.

O monstruoso técnico Phil Jackson chega ao seu décimo título na carreira, recorde da NBA, levando o Lakers à glória depois de três títulos seguidos entre 2000 e 2002, sendo que quando foi seis vezes campeão com o Chicago Bulls de Michael Jordan, também foram três seguidas e outras três seguidas, ou seja, os próximos dois anos talvez já tenham sua história escrita, onde o Lakers poderá aumentar ainda mais sua galeria de conquistas, sendo que já possui 15 triunfos em toda a história.

Na festa contida na casa do rival, mas com muita alegria, Kobe Bryant acabou eleito MVP das finais, o jagador que esteve presente nas quatro últimas conquistas da equipe foi sem dúvida o melhor jogador, cestinha em quase todas as partidas, incluindo até a que esteve mal, além de ser também o líder em assistências, porém mesmo tendo um jogador se destacando tanto, o Lakers se consagrou campeão justamente pelo jogo coletivo, que acabou fazendo muito a diferença, principalmente no último jogo, vencido de maneira fácil e rápida, Los Angeles já aguarda anciosa pelos campeões, e a festa não deve ter hora para acabar. (Fotos: Emmanuel Dunand/AFP e Jesse D. Garrabrant/NBAE/Getty Images)

6 comentários:

Vinicius Grissi disse...

Onde eu coloco a plaquinha do "Eu já sabia"? Título justo.

Alexandre Silva disse...

Sabia, sabia... Estamos testemunhando história e dessa vez Kobe escreve seu nome no hall dos grandes, definitivamente! Apesar de eu ñ ser nada fã dele, tenho que me render e até escrevi um post sobre isso... Só espero que Lebron tb chegue lá. Mas, vamos levar uma coisa em conta, tá certo que dessa vez Kobe ñ tinha Shaq, mas tinha Gasol. Lebron só tem ele... West, Willians e Varejão são zero a esquerda.

Bom, agora é acompanhar a movimentação do mercado, e eu fico na expectativa de que meu Bulls confirme um Bosh, um Wade ou um Stoudamire pra jogar ao lado do Rose, pra que ano que vem seja a gente comemorando, hahahaha

Abraço
http://falandoprasparedes.blogspot.com/

dá-lhe Lakers

FAGGH disse...

retribuindo a visita , muito legal seu blog , pricipalmente por tratar de esporte ...

abrç

Go! lakers

www.celebritypoke.blogspot.com

carlos augusto disse...

gostei da materia, os Lakers mereceram, parabéns

Edu Mendonça disse...

Foi sem brilho, nada que tenha lembrado as finais do ano passado, contra os Celtics. Mas, sem dúvida, merecido.

http://tudobola.blogspot.com/