Tyson retorna aos ringues

10:29 Net Esportes 5 Comments

No memorial de Michael Jackson, os astros do basquete Kobe Bryant e Magic Johnson fizeram um bonito discurso em homenagem ao cantor, além deles também compareceram para prestigiar o evento outras estrelas do esporte, como o promotor de lutas de boxe Don King, que em outros tempos, junto com Mike Tyson, encontrou o eterno 'Rei do Pop'. Tyson não esteve no Steples Center ontem, mas mesmo sem Don King ou mesmo sem Jackson para lhe inspirar, retornará aos ringues para lutar.

Geroge Foreman foi campeão mundial com 45 anos de idade e Evander Holyfield tentou bater esse recorde recentemente, assim não fica nem um pouco estranho imaginar Tyson lutando novamente aos 43 anos de idade por um cinturão de pouca importância no cenário mundial do boxe, mas infelizmente para o norte-americano o que sempre prevalece são as polêmicas que envolvem sua carreira, e pensar que esse retorno é puramente para ganhar um dinheiro fácil não deixa de ser uma grande verdade.

Sua última luta foi em outubro de 2006, derrota humilhante e fim da carreira, o cartel não é dos piores, 50 vitórias em 58 lutas sendo 44 nocautes, mas foram três derrotas nos últimos quatro confrontos, sendo que ninguém esquece o início de seu declínio quando caiu diante de James Buster Douglas, ou a mordida na orelha de Holyfield, acusações de estupro, condenações por brigas ou por dirigir embriagado, no mundo tumultuado de Tyson, a morte da filha Exodus de quatro anos, vítima de um acidente doméstico.

Independente de tudo, é difícil Tyson não chamar a atenção, é díficil que ninguém se interesse pelo combate que acontecerá em dezembro, na cidade de Belgrado, contra o desconhecido sérvio Nenad Stankovic, que tem um cartel modesto e estará completando 33 anos justamente na data do combate, dez a menos que o oponente que é ex-campeão mundial. Mike Tyson volta sem Don King, quando provavelmente todos pouco falaram sobre a morte de Michael Jackson, e quem sabe ainda lembrando de sua filha, e talvez dedicando uma possível vitória para ela. (Foto: Arquivo)

5 comentários:

Vinicius Grissi disse...

Ele disse que voltaria algumas vezes e não se concretizou. Esta eu quero ver se vai vingar. No entanto, se voltar, com certeza será uma luta que vai chamar muito a atenção.

Daniel Leite disse...

Gostei do desenvolvimento do raciocínio. Até porque, em certa medida, Tyson e Jackson têm semelhanças: a genialidade suprimida pelos escândalos (com Jackson, isso acabou).

De toda maneira, é um pouco triste assistir a um grande esportista retornando apenas por dinheiro. Não há nenhum propósito especial na volta. Apenas o enchimento de um cofre que se esvaziou por várias bobagens...

Até mais!

Ron Groo disse...

Bem, não vejo no MJ genialidade nenhuma, mas quanto ao Tyson fico com o pé atrás pela sua volta.

Não sei da situação financeira do cara e portanto não posso afirmar, mas sei que as vezes os caras ganham bolsas generosissímas e nem precisam vencer a luta pra isto. Basta subir ao ringue.

Eu não vi Cassius Clay, mas vi Foremam, li muito sobre e vi também o Evander Hollyfield, mas destes todos, e claro é só a minha opinião, Tyson foi o mais espetacular. Não queria perder esta imagem que tenho dele.

Mesmo sabendo que tecnicamente os outros dois eram melhores que ele. Mas a forma com que ele partia para a luta me impressionava demais.

Silvio Peters disse...

Ele tá 2x mais gordo que o Ronaldo. Duvido que volte. Atualmente até eu nocauteio o Tyson.

Thiago Madureira disse...

Realmente a luta vai ser para ganhar dinheiro. Não imagino MT no topo novamente.

Abraços