Ela voltou com tudo

13:28 Net Esportes 1 Comments

O mundo já vivia uma grande expectativa, muitos contavam os dias e a maioria mal podia esperar para ver de volta às pistas da Fórmula o heptacampeão Michael Schumacher, porém o inesperado aconteceu, ele desistiu devido à dores no pescoço e desiludiu fãs de todas as partes. O automobilismo deixará de ver novamente um de seus grandes ídolos, e no mesmo dia o tênis passou a rever uma de suas grandes jogadoras, Kim Clijsters encerra a aposentadoria, e volta com tudo.

O motivo da saída dois anos atrás era convincente, Clijsters estava grávida, e depois do nascimento da filha fez questão de dedicar todo seu tempo à ela, mas certamente muitos gostariam que ela fizesse apenas uma pausa, e não se aposentasse definitivamente, o tempo então passou e ela resolveu voltar atrás em sua decisão até precipitada, a aposentaria que iria durar para sempre se tornou uma pausa, uma grande pausa, que para a alegria de muitos teve o seu final ontem em Cincinatti.

Voltar à jogar já é o primeiro passo, voltar a jogar bem então nem se fala, se nessa primeira partida a belga já conseguisse uma vitória isso seria mais do que fortalecedor para que o entusiasmo voltasse à tona, mas Kim Clijsters conseguiu ir além de tudo isso, a ex-número um do mundo conseguiu não só vencer como convencer, marcou 2 sets a 0 com 6/4 e 6/3, sobre ninguém menos que a francesa Marion Bartoli, atual número 13 do Mundo, que após o jogo se rendeu à força da rival.

Ela voltou e voltou com tudo mesmo, Kim Clijsters já faz planos para disputar todo o circuito do ano que vem, depois de liderar o ranking, vencer o US Open em 2005 além de ir às finais na Austrália e Roland Garros, depois de levar do bicampeonato no WTA Championchips ela quer mais, ela revela que quer vencer o torneio de Wimbledon, o mais importante de todos na sua opinião, e do jeito que voltou isso sem dúvida pode sim se tornar realidade. E quem sabe esses feitos não façam sua compatriota Justine Henin, outra que se aposentou antes da hora, se empolgar e também retornar às quadras. (Foto: Site oficial)

1 comentários:

Daniel Leite disse...

É impressionante a forma como grandes atletas, mesmo após um período de inatividade, conseguem voltar com tudo. Clijsters, pelo que li aqui, teve um retorno fantástico. É a prova de que aposentadorias precoces precisam ser repensadas...

Até mais!