De bicicleta em Nova York

08:57 Net Esportes 2 Comments

Por ali não estão vindo os futuros ciclistas que poderíam ser sucessores de Lance Armstrong, e nem mesmo são todos jovens pensando no brilho de uma medalha olímpica ou na glória de ser um grande campeão do esporte, mas sim trabalhadores, ou estudantes, pessoas comuns que mudaram seus hábitos em uma das maiores cidades do planeta, os novos adeptos de uma velha conhecida, a bicicleta, o meio de transporte de duas rodas que não polui, ajuda as pessoas a fazerem exercício físicos e está tendo seu uso crescendo cada vez mais, basta querer.
Bicycle Commuting Rose By 26 Percent Last Year In New York City
Foram três anos de espera e 200 quilômetros de ciclovias a mais na cidade, na ponte do Brooklyn ou da East River, no terminal de Staten Island Ferry Whitehall ou em cada avenida do Hudson River Greenway, o aumento no número de novos usuários da boa e velha bicicleta em Nova York foi de 26% desde o ano passado, mais conforto e mais saúde para o nova-iorquino que aos poucos está dispensando prejuízos com táxi, sufoco com ônibus e acredite ou não as até então maiores facilidades com o metrô, é muito melhor mesmo ir por cima da terra ao ar livre do que por baixo dela.

Oficiais de transporte distribuem gratuitamente kits de luzes para os ciclistas, mais segurança é fundamental para que muitos mais pessoas possam seguir o caminho por onde muitas estão indo, a bicicleta foi inventada no século XIX, foi evoluindo com o passar do tempo e aos poucos se tornou um meio de transporte fundamental para muitos populares, além é claro de ser usada também para o fim esportivo, se tornando um objeto de competição dos mais bem elaborados e evoluídos de todos, ficando cada vez mais leve e proporcionando velocidades enormes quando guiadas por especialistas.

Do Harlem ao Queens, do Bronx até Manhantam, em Nova York se anda de qualquer jeito e agora muito mais de bicicleta, não resta dúvidas de que o principal fator deste crescimento são as ciclovias, que facilitam a vida de cada um, e apesar do Brasil já ter várias cidades se rendendo à construção das vias próprias da bike, muitas como São Paulo por exemplo ainda estão bem longe de poderem um dia ser como Nova York, sendo que a capital paulista ainda conta com o seu desfavorável sobe e desce, onde um possível aumento no uso da bicicleta iría requerer uma força de vontade redobrada, e uma inspiração que talvez só Lance Armstrong pudesse proporcionar. (Foto: Spencer Platt/Getty Images via PicApp)

2 comentários:

Vinicius Grissi disse...

Bacana a iniciativa. Cada vez mais as pessoas deveriam adotar a bicicleta que não polui, não dá transito e ainda tras benefícios para quem a utiliza.

Leandrus disse...

O Vinicius disse tudo que deveria ser dito. Só fico triste pq - juro! - não sei andar de bicicleta =P