Canadá busca a revanche

07:27 Net Esportes 1 Comments

Curling
Na primeira partida em Vancouver 2010 um velho rival pela frente, o Canadá reencontrava a Noruega que desde 2002 estava entalada na garganta, o jogo é tenso mas o time liderado pelo grandioso Kevin Martin vence pelo placar apertado de 7-6, o sabor de revanche porém não é o bastante pois os velhos rivais das Olimpíadas os derrotaram na grande final de Salt Lake City 2002, ocasião em que Martin era o capitão da equipe canadense e tinha o martelo na mão, ou seja, a chance de lançar a última pedra deste peculiar jogo que é o Curling, mas por apenas um centímetro ele teve que se contentar em ficar apenas com a medalha de prata.

A infância pobre, as oportunidades de ser jogador de Hóquei no Gelo e a opção de praticar o Curling por causa do treinador são algumas das histórias de vida dos mais de 20 anos de carreira da grande estrela do time canadense, Kevin Martin já ganhou de tudo no Curling, menos a medalha de ouro olímpica, ele não estava na campanha de Tirum 2006 e não teve a oportunidade de subir no ponto mais alto do pódio. Hoje aos 43 anos de idade a chance está novamente em suas mãos, a chance de ser campeão e de devolver a derrota sofrida em 2002, o mestre provou na noite de ontem porque é o melhor da história.

Se não por acaso, a situação está muito parecida com a dos Jogos de 2002, nenhuma derrota na fase de classificação e triunfo nas semifinais, são dez partidas em que estão invictos contando a vitória de ontem contra a Suécia, um placar de 6 a 3 que viu Martin entregar um ponto na nona rodada para não perder o martelo, e um jogo que viu os erros bizarros de Niklas Edin, o capitão sueco que entregou pelo menos quatro pontos de bandeija aos rivais, mais bizarros que suas jogadas só mesmo as calças da equipe norueguesa, as calças quadriculadas, com página que fez sucesso no Facebook e um preço que chega a quase R$ 165, só que mais do que tudo isso são as calças da sorte.
Curling
Palmas para a Noruega e seu capitão Thomas Ulsrud, perderam apenas duas vezes e em ambas por apenas um ponto, apenas um detalhe, justamente o detalhe que lhes deram a vitória em 2002, mas um detalhe que o Canadá quer fazer questão de mudar na grande decisão, onde eles tem a chance da revanche e a chance da maior glória de Kevin Martin, a chance de finalmente ser campeão olímpico no esporte conhecido como "aquele da vassoura", mas que no fundo é um esporte que a cada dia conquista mais e mais fãs em todo o mundo, com suas estratégias, possibilidades e uma inteligência absurda daqueles que o praticam, se por acaso você ainda não se apaixonou por ele, é porque ainda não o compreendeu em toda a sua profundidade. (Fotos: ZumaPress via PicApp)

1 comentários:

André Augusto disse...

Kevin Martin ganhou fãs lá na redação. Acho que desta vez, o ouro não escapa do "mestre". Abs!