A hora e a vez do Canadá

08:06 Net Esportes 3 Comments

Olympics - Closing Ceremony
O drama e o pesadêlo de nunca ter conquistado uma medalha de ouro quando sediou as Olimpíadas em seu próprio território, Jogos de Verão de 1976 em Montreal e de Inverno de 1988 em Calgary, acabou completamente logo no início das disputas em Vancouver 2010, Alexandre Bilodeau competindo no Moglus do Esqui Estilo Livre desentalou da garganta o grito de campeão e acabou com um sina que o país já não aguentava mais sofrer, mal sabia ele porém que naquele momento abriu uma porta para que seus conterrâneos passassem a conquistar muito mais medalhas de ouro competindo em casa, os verdadeiros heróis canadenses acabaram fazendo o que muitos pensavam ser impossível.

As Olimpíadas de Inverno terminaram e os Estados Unidos conseguiram 37 medalhas no total, já o Canadá ficou com 11 a menos, mas com o detalhe que teve cinco de ouro a mais do que os norte-americanos que com apenas nove ficaram atrás até da Alemanha que terminou com dez de ouro e 30 mendalhas no total, o Canadá nunca conseguiu em toda a história ouvir o seu próprio hino no seu próprio território, e quando isso acabaou eles foram além e ficaram na primeira posição do quadro geral de medalhas, a hora e a vez do Canadá chegou e ela tem além de Alexandre Bilodeau outros dozes nomes, doze atletas individuais ou membros de equipes que fizeram seu povo esquecer para sempre o passado terrível que viveram.

Duas no ante-penúltimo dia e mais três no penúltimo, a arrancada final canadense teve ainda mais uma medalha de ouro no último dia, Sidney Crosby, o astro na NHL, marcou o gol de ouro que garantiu o título no Hóquei no Gelo, justamente contra os Estados Unidos, um freguês histórico que em sete finais olímpicas só conseguiu vencer apenas uma, a força em equipe dos anfitriões garantiu não só essa como outras medalhas douradas que vieram no Hóquei no Gelo feminino, perseguição masculina da patinação de velocidade, 5000m de revezamento da patinação de velocidade em pista curta e no esporte que praticamente todo cidadão canadense já jogou uma vez na vida, o peculiar e fascinante Curling.
Fans Watch the Men's Gold Medal Hockey Game
Kavin Martin levou sua primeira medalha de ouro olímpica e conquistou novos fãs em todo o mundo com sua calvice e seu jeito cativante, junto com sua excelente performance vieram também Charles Hamelin e Maëlle Ricker do Snowboard, a dupla do Bobosleigh, Ashleigh McIvor do Esqui Estilo Livre, Tessa Virtue e Scott Moir que deram um belíssimo show na patinação artística, Jon Montgomery do Skeleton e ainda Christine Nesbitt da Patinação de Velocidade, todos grandes e verdadeiros heróis dos quais seus admiradores e todo o povo canadense jamais irão esquecer, assim como foi incrível e marcante todas as competições dos Jogos Olímpicos de Inverno, que só voltarão daqui a quatro anos, em Sóchi, na Rússia. (Fotos: Cameron Spencer e Chris Graythen/Getty Images via PicApp)

3 comentários:

Leandro disse...

Assisti a final do hóquei. Foi sensacional, nunca tinha visto um jogo de hóquei, só poucas imagens quando algo de anormal acontece e os telejornais mostram.
Foi um grande duelo, bonito, depois dessa final vou acompanhar com mais atenção o hóquei.
Abraço

Vinicius Grissi disse...

Conquistaram nessa tudo que haviam deixado para trás em outros jogos. Bela campanha do Canadá!

Ron Groo disse...

Acompanhei os jogos pela Record News, não entendi grande coisa dos esportes, até porque os narradores sabiam tanto quanto eu. Colocando ou tentando colocar emoção onde era visível que não havia e quando era emocionante eles ficavam mudos.

Mas o show de imagens foi sensacional.