A vitória em nome da família

14:49 Net Esportes 2 Comments

The Masters - Final Round
No 18º e último buraco do último dia de competição ele olha em volta e lá está ela, la está sua esposa, fraca, cansada e sem condições de acompanhar de perto um torneio desta grandeza, Amy recebeu um diagnóstico de câncer de mama em maio de 2009, e desde então sua vida, a vida de seus três filhos e também a vida do seu marido, o golfista Phil Mickelson, mudaram completamente, ela chegou em Augusta na terça-feira para acompanhar o Masters, primeiro torneio Major do ano, mas só pode ir para a pista no sábado, o motivo para estar perto do green do último buraco no domingo era óbvio, Mickelson estava próximo de ser campeão, e sob seus olhos conseguiu.

Um abraço apertado e sincero, Phil Mickelson poderia estar extremamente feliz por ter a oportunidade de vestir o paletó verde do Masters de Augusta pela terceira vez na sua carreira aos 39 anos de idade, porém ele está muito mais feliz e emocionado por estar junto de sua amada esposa, compartilhando com ela mais uma dos grandes e inesquecíveis momentos de sua vida, os últimos 12 meses não foram fáceis, e assim é difícil segurar as lágrimas, a vitória em nome da família é dedicada à Amy, aos três filhos, aos médicos que pesquisam sobre a doença e a todas as mulheres que a combateram, até sua mãe já foi vítima do câncer de mama, e também estava presente nesse dia especial.

O público aplaude intensamente, se emociona junto com o jogador e vê Phil reassumir a segunda colocação no ranking, com um título muito mais do que merecido, são 16 tacada abaixo do par com direito a um birdie justamente no inesquecível buraco 18 do último dia, um dia que não viu nenhum bogey e um jogo perfeito do campeão, um campeão que havia feito dois eagles seguidos na sábado e que deu uma de mestre no buraco 13, tirou a bolinha do meio do mato e das pinhas a fazendo passar por um improvável buraco entre as árvores, mais do que isso a tacada ainda deixou a bolinha a 1,20 metros de distância do buraco, não houve um dia sequer dos quatro dias de competições que Mickelson não tenha ficado abaixo do par no buraco 13.
The Masters
Lee Westwood fez um grande torneio, Anthony Kim deu muito trabalho, K.J. Choi surpreendeu e ainda tinha o retorno de Tiger Woods na competição, que reveleou não ter gostado do seu desempenho, 11 tacadas abaixo e apenas a quinta colocação, todos valorizando ainda mais a grande conquista de Phil Mickelson, que ainda viu sua filha quebrar o braço na noite de sábado e brigou contra um inseto logo no começo da última volta, mas nada poderia mesmo atrapalhar sua conquista, uma conquista que significa muito para ele e para sua esposa, algo que podem compartilhar juntos, e que pode fazê-los sonhar em continuar juntos por muito mais tempo, rezando para que tudo der certo, rezando para que a família permaneça sempre unida para voltar a comemorar mais títulos no futuro. (Fotos: Harry How/Getty Images e ZumaPress via PicApp)

2 comentários:

Vinicius Grissi disse...

História fascinante. O apoio da família e o bem-estar com os familiares certamente ajuda muito a carreira de um esportista. Bacana ver a vitória dele.

Patrick Araújo disse...

Realmente uma bela estória!

Concordo com o Vinicius, o apoio da família e o bem-estar com os familiares certamente ajuda muito a carreira de um esportista.

Realmente é mto legal ver a vitória dele.

O detalhe ainda desse torneio, foi o expetacular desepenho do mestre Tiger Woods, mesmo estando tanto tempo fora dos campeoantos, ele mostrou ser um monstro no golf. Demais!!!!!