Argentina segue com 100%

19:04 Net Esportes 7 Comments

Argentina's Gonzalo Higuain celebrates scoring a goal during a 2010 World Cup second round soccer match against Mexico at Soccer City stadium in Johannesburg June 27, 2010.  REUTERS/David Gray (SOUTH AFRICA - Tags: SPORT SOCCER WORLD CUP)
O primeiro tempo termina com bate-boca e empurra-empurra na saída para o vestiário entre jogadores e comissão técnica dos dois times. Pouco antes, ainda durante o primeiro tempo, todos os mexicanos correram em direção ao auxiliar Stefano Ayroldi, tudo porque ele não havia marcado impedimento claríssimo de Tevez no primeiro gol dos argentinos. Chegou a dar impressão que o árbitro italiano Roberto Rossetti iria anular o gol, já bastava a lambaça ocorrida um pouco mais cedo na partida entre Alemanha e Argentina. Será que a FIFA resolveu usar algum recurso eletrônico para não cometer mais erros deste tipo que mudam um jogo? Não foi desta vez, a entidade máxima do futebol se recusa inclusive a comentar sobre os acontecimentos do dia.

Era um repeteco da Copa de 2006 e a grande chance de revanche do México. O técnico Javier Aguirre e alguns dos jogadores que estiveram no Mundial da Alemanha estavam confiantes. Eles realmente achavam que poderiam acabar com a euforia e uma certeza de glória que transborda na Argentina, principalmente por causa do eterno ídolo local Diego Maradona. "la mano de Dio" em 1986 e "la visión horrible" do bandeirinha em 2010. Ajudas não faltaram e bom futebol também, além é claro do maior presente que os hermanos poderiam receber nessa Copa do Mundo. Ricardo Osório muito educado entrega a bola de bandeja para Higuaín se isolar na artilharia com um golaço, seu quarto gol na África do Sul e o jogo praticamente decidido em 45 minutos.

Pelo jeito não vai ter a revanche de 2006, pelo menos naquela ocasião a derrota veio apenas na prorrogação com um gol de Maxi Rodríguez. O México manteve a tradição de sempre avançar para a segunda fase em uma Copa do Mundo. Mas também manteve a tradição de ser sempre eliminado nas oitavas-de-final. Esse foi nada a menos que o quinto fracasso consecutivo do time nesta fase, sendo que a última vez que a equipe chegou nas quartas-de-final foi quando jogou em casa em 1986, ocasião em que acabou eliminado pela Alemanha nos pênaltis após um zero a zero no tempo normal. Ironicamente nesta Copa de 2010 a mesma Alemanha seria a adversária dos mexicanos caso eles conseguissem superar seus traumas, e ironicamente a Alemanha vai enfrentar a Argentina como enfrentou na Copa de 2006.
June 27, 2010 - Johannesburg, South Africa - epa02226842 Mexican players argue with linesman Stefano Ayroldi (R) after the 1-0 of Argentina as players look on during the FIFA World Cup 2010 Round of 16 match between Argentina and Mexico at the Soccer City stadium outside Johannesburg, South Africa, 27 June 2010.
O México queria a revanche e não teve, agora é a vez da Argentina tantar dar o troco. E assim como fica impossível saber o que seria da Inglaterra contra a Alemanha se não fosse os erros da arbitragem, também é difícil saber o que seria do México se os juízes também não errassem. Mas também não da para dizer que a Argentina não jogou muito melhor que o velho rival, principalmente porque manteve seus 100% de aproveitamento nesta Copa, porque com 3 a 1 no placar alcançou o ataque mais positivo da competição, porque passou a ter o artilheiro novamente e ainda esbanjou auto confiança e união, alegria e entusiasmo. A equipe demonstra ter condições de chegar à decisão mas os grandes testes continuam, pois muito mais clássicos e grandes jogos estão previstos para o seu caminho rumo à glória na África do Sul. (Fotos: ZumaPress e David Gray/Reuters via PicApp)

7 comentários:

Ron Groo disse...

Realmente os hermanos tem cem por cento de ajuda dos árbitros.
Tudo bem que é mais ruindade que manipulação de resultados... mas até quando?

Gabriel Pozzi disse...

hahahaahah
"la visión horrible" - muito boa!

Seu texto é muito bom, me surpreende que vc faz isso de forma voluntária, vc deveria entrar em contato com sites como Terra, Uol, enfim, para tentar algum emprego na área jornalística esportiva, embora eu não tenha certeza se já não é isso que vc faz da vida! rsrs

Quanto ao jogo, é triste ver os hermanos ganharem, principalmente com aquele primeiro gol injusto, mas fazer o que, se o caminho deles for de fato como em 2006, é hora de parar na Alemanha! ;D

um abraço!
http://songsweetsong.blogspot.com/

Érica disse...

Muito bom o seu texto, gostei da forma clara e coerente com que você expôs a situação. Eu assisti ao jogo e confesso que estava torcendo para o México. Fiquei decepcionada.

http://alma-feminina.blogspot.com/

Gil disse...

Eh mais manipulação que ruindade,acho...hehe

FilipeJMS disse...

No primeiro gol da Argentina a ESPN Brasil mostra a hora que passou o lance (inclusive com a linha de impedimento) no telão do estádio. Após assistir o bandeirinha chamou o juiz, mas no final prevaleceu o erro... infelizmente!

OGROLÂNDIA disse...

Até tomar o gol o méxico estava melhor, com bola no travessão e tudo mais.
se não tivesse sido validado aquele gol as vezes o jogo tinha sido diferente.

Adalberto Mota disse...

Eles mereceram, mesmo o juiz ajudando, que na minha opinião mesmo sem ajuda do juiz a Argentina iria ganhar, pois o méxico não demonstrou nenhum pouco do seu verdadeiro futebol!