Red Bull da asas a Webber

17:32 Net Esportes 0 Comments

VALENCIA, SPAIN - JUNE 27: Sebastian Vettel of Germany and Red Bull Racing celebrates on the podium after winning the European Formula One Grand Prix at the Valencia Street Circuit on July 27, 2010, in Valencia, Spain. (Photo by Mark Thompson/Getty Images)
Ele dizia após o treino classificatório que não podia ser o mais rápido sempre. Depois de muito tempo o piloto Mark Webber voltou a perder a pole-position para o seu companheiro de equipe Sebastian Vettel. Largar em segundo não é nada ruim mas no GP de Valência talvez seja mais do que nas outras pistas. O lado 'sujo' do circuito de rua que parece mais um autódromo fez com que o australiano fosse ficando para trás logo na primeira volta. Inconformado com o péssimo desempenho ele tratou de ir logo para os boxes trocar os pneus. A tentativa de mudar a estratégia era boa para ele, ou seria se em seu retorno à pista ele não a fizesse ser boa para todos os outros pilotos.

O carro da Lotus que andava muito devagar na nona etapa do campeonato mundial de Fórmula 1 de 2010 era o de Jarno Trulli, o italiano conseguiu ser pior que a Hispania de Bruno Senna e a Virgin de Timo Glock. Porém foi o seu companheiro de equipe Heikki Kovalainen que acabou sendo literalmente atropelado por Mark Webber. Carro lento, ponto de freada diferente ou simplesmente imprudência de um dos dois pilotos acabou proporcionando o grande fato que mudou toda a história da corrida. A Rede Bull deu asas a Webber que saiu voando pelo circuito urbano de Valência, chegando a cair de cabeça para baixo e voltando ao normal novamente antes de se chocar violentamente na proteção de pneus.

O resultado não poderia ser outro, Safety Car na pista e inicio do resultado final muito antes do final da corrida. Sendo que após a corrida inúmeros carros foram punidos por andarem acima do limite de velocidade quando a bandeira amarela em todo o circuito foi acionada. Cinco segundos de punição para cada um qua acabaram não alterando quase nada na classificação final, onde Rubens Barrichello chegou na quarta posição. Lewis Hamilton não foi punido depois mas sim durante a corrida depois que a Ferrari reclamou, ele havia ultrapassado o carro de segurança pra ganhar vantagem e acabou ganhando mesmo, pois o drive-through‎ que pagou durante a prova não o fez perder a segunda colocação que ganhou na largada e que manteve até a linha de chegada, suficiente para ele manter a liderança no campeonato.
VALENCIA, SPAIN - JUNE 27: Sebastian Vettel of Germany and Red Bull Racing cekebrates in parc ferme after winning the European Formula One Grand Prix at the Valencia Street Circuit on July 27, 2010, in Valencia, Spain. (Photo by Vladimir Rys/Bongarts/Getty Images)
Além de Rubinho outros pilotos foram favorecidos com o vôo de Webber, como Button que foi terceiro, Kubica, Sutil, Buemi e principalmente Kamui Kobayashi que andou boa parte da corrida em terceiro e após sua parada nos boxes voltou e ganhou duas posições na pista considerada sem pontos de ultrapassagens. Além é claro do grande vencedor do dia, Vettel, o pole-position, o piloto que enfim voltou a fazer tudo certo, que não foi punido em nenhum momento e que correu como a Red Bull sempre desejou que seus pilotos corressem desde o início do ano quando mostrou ter o melhor carro da temporada, um carro que da asas para seus pilotos voarem na pista e saírem até voando literalmente pelos ares, pois com essas asas tudo é possível. (Fotos: Vladimir Rys/Bongarts/Getty Images via PicApp)

0 comentários: