Vinokourov, Astana e o Tour

17:01 Net Esportes 0 Comments

July 17, 2010 - Revel, FRANCE - epa02251573 Astana team rider Alexandre Vinokourov of Kazakhstan eats as he cycles during the 13th stage of the 97th Tour de France 2010 cycling race between Rodez and Revel, France, 17 July 2010.
Astana é a capital do Cazaquistão e por coincidência ou não é também o nome de umas das principais equipes de ciclismo que disputa o Tour de France. Depois de ter sua base na Suiça e Luxemburgo o time hoje está sediado no país que fazia parte da ex-União Soviética, assim naturalmente muitos de seus ciclistas são de nacionalisdade cazaque, como Andrey Zeits, Sergey Renev, Roman Kireyev, Alexsandr Dyachenko e principalmente Alexander Vinokourov, com seus 36 anos de idade e uma vitalidade das mais impressionantes no mundo ciclístico. Uma de suas responsabilidades na edição deste ano da Volta da França é ajudar seu companheiro de equipe Alberto Contador, mas isso não o impede de fazer história na equipe que leva o nome da principal cidade do seu país de nascimento.

Campeão da Vuelta a España de 2006 e vencedor de provas clássicas como a Paris-Nice de 2002 e 2003. Vinokourov tem anos de experiência e já havia vencido três etapas do Tour de France em toda a sua carreira. Mas este ano as coisas não estavam dando muito certo, o ciclista do Cazaquistão fez um tentativa na 12ª etapa que acabou não dando certo, ele fora ultrapassado justamente pelo companheiro Contador que briga pelo título na França. No dia seguinte isso tinha que mudar, a etapa era praticamente toda plana entre Rodez e Revel só que tinha um pequeno trecho de subida dura nos últimos 10 Km. A primeira tentativa de fuga no momento mais difícil dos 196 km do percurso foi do italiano Alessandro Ballan, sem resultado, hoje o dia de glória era finalmente da Astana e de Vinokourov.

A primeira vitória na edição desta ano do Tour. Uma vitória que segundo os próprios membros da equipe vai dar moral para as próximas etapas nos Pirineus, considerados um dos trechos mais difíceis da Volta da França 2010. Alexander Vinokourov surgiu no meio dos que tentavam dar o pulo do gato e deu um verdadeiro pulo de rena siberiana. Atacou forte e chegou a andar cerca de 6 Km completamente sozinho como se estivesse no mais incrível e importante contra-relógio de toda a sua vida. Na reta de chegada ele olhou para trás várias vezes e podia ver o pelotão acelerando tudo para poder alcanaça-lo, era tarde demais, Vinokourov comemorava bem antes da linha de chegada, fazia uma imensa festa e mal podia conter a emoção. Mais tarde aquele que mais precisa dele o abraçava emocionado e dizia - "Essa vitória é como fosse minha".
July 17, 2010 - Revel, FRANCE - epa02251513 Astana team rider Astana team rider Alexandre Vinokourov of Kazakhstan celebrates his victory as he wins the 13th stage of the 97th Tour de France 2010 cycling race between Rodez and Revel, France, 17 July 2010.
Alberto Contador não poderia deixar de exaltar o triunfo do companheiro pois sabe que nas quatro próximas etapas as subidas serão duras e a ajuda de Vinokourov absolutamente indispensável. O espanhol segue com 31 segundos de desvantagem pra o líder Andy Schleck e tem total de consciência que a partir de agora é tudo ou nada na briga pela camisa amarela. Assim como é tudo ou nada na briga pela camisa verde de volta para Alessandro Petacchi, na briga pela camisa branca de bolas brancas que segue com Anthony Charteau e até mesmo na briga pela liderança por equipes, que permanece nas mãos da Team RadioShack apesar do pouco esforço de Lance Armstrong que cruzou a linha de chegada com mais de quatro minutos de desvantagem. Quem sabe as coisas não estivessem tão ruins esse ano se a equipe se chamasse Washington DC. (Foto: ZumaPress via PicApp)

0 comentários: