Melhores da NFL do 00 ao 99

09:33 Net Esportes 4 Comments

9 Nov 1997:  Quarterback Dan Marino of the Miami Dolphins during the Dolphins 24-17 win over the New York Jets at Pro Player Stadium in Miami, Florida. Mandatory Credit: Scott Halleran  /Allsport
Número 38 ou número 71, todos sabem que a numeração dos jogadores de Futebol Americano e de qualquer outro esporte norte-americano como Beisebol ou Basquete costuma ser bem alta. E com a proximidade da nova temporada da NFL que terá seu início no começo de setembro nada como saber quais foram os melhores jogadores de todos com cada uma das camisas entre os número 00 e o número 99, baseando-se no impacto de cada um deles e nas suas estatísticas enquanto atuou. A lista foi elaborada pelo site da CNN Sports Illustrated com ajuda de numerólogos e trás algumas das grandes lendas que ainda jogam e que já jogaram a muitos tempo atrás, como o dono da camisa com dois zeros estampados nas costas, Jim Otto, que atuou no Oakland Raiders por 15 temporadas nos anos 60 e acabou sendo eleito para o Hall da Fama anos mais tarde. Foi apenas o primeiro de 101 grandes jogadores da história.

O dono da camisa número 0 foi um defensor, Johnny Olszewski atuou por nove temporadas e apesar de não jogar no ataque conseguiu correr 3.320 jardas e anotar 16 touchdowns. Com a camisa número 2 aparece Charley Trippi, jogador dos anos 40 que participou por duas vezes do Pro Bowl. Já com a camisa número 4 nenhuma surpresa, Leemans Tuffy teve alguma chance e Adam Vinatieri assim como outros três nomes foram lembrados e considerados, mas o maior jogador de todos os tempos com esse número nas costas não poderia ser outro se não Brett Favre, o já lendário quarterback que atua até hoje mesmo com seus 41 anos de idade e que é dono da quase todos os recordes da NFL. Sorte de Donovan McNabb que pegou a camisa 5 e de Kevin Butler, o kicker que ficou com a número 6. Vale destacar ainda o número 10, que não era Pelé e sim Fran Tarkenton, responsável por levar o Vikings a três edições do Super Bowl.

Com a número 12 mais um jogador da atualidade, Tom Brady, o marido da modelo brasileira Gisele Bünchen que lidera o ataque do New England Patriots. Já com a 13 não poderia ser outro também, Dan Marino foi um dos maiores jogadores de todos os tempos e deu passe para nada a maneos que 420 touchdowns. E com a 16 outro quarterback fenomenal, o inesquecível Joe Montana, que foi seguido de perto pelo dono da número 18, Peyton Manning, atual quarterback do Indianápolis Colts, é realmente difícil não eleger os jogadores que comandam o ataque dos times. Exceto talvez no caso do camisa 31 Jim Taylor, um dos grandes jogadores do Green Bay Packers nos anos 60, ou ainda Larry Csonka, dono da camisa 39 que foi um dos mais notáveis jogadores que atuou no Miami Dolphins nos anos 70. Época em que Mel Blount marcou seu nome nos Ateelers sendo elito o MVP no ano de 1975 com a sua camisa número 47.
18 Nov 2001 : Brett Favre of the Green Bay Packers throws a pass against the Atlanta Falcons during the game at Lambeau Field in Green Bay,  Wisconsin. The Falcons won 23-20. DIGITAL IMAGE. Mandatory Credit: Jeff Gross/Allsport
A primeira metade da lista termina com Bobby Mitchell vestindo a camisa 49, mas segue com mais 50 nomes começando com Mike Singletary e sua camisa número 50. Com a 55 aparece um dos grandes linebackers da década de 90, Junior Seau, e com a 60 Otto Graham surge novamente, porque era justamente essa camisa que ele usava antes das mudanças de regras no início dos anos 50 que o origaram a mudar para a número 14. Com a 72 foi eleito Dan Dierdorf, jogador do Cardinals que usava bigode, e com a 77 Red Grange, jogador tão famoso nos início do século passado que dividia espaço com Jack Dempsey e Babe Ruth. O camisa 80 é Jerry Rice e o 90 é Neil Smith. A interminável lista vai chegando ao seu final mas sem antes disso lembrar de Reggie White com a 92 ou Warren Sapp, que teve o prazer de vestir a número 99. Tantos números e ao mesmo tempos pouco espaço para tantos anos de histórias, depois dessa lista não seria nenhum absurdo pensar em fazer camisas com três números nas costas. (Fotos: Scott Halleran/Allsport/Getty Images e Jeff Gross/Allsport/Getty Images via PicApp)

4 comentários:

FilipeJMS disse...

É uma lista interessante, já tinha visto uma igual na NBA. Acho que hoje em dia, quando surge algum craque na faculdade, ele já escolhe um número de camisa que ainda não tem história, até para evitar possíveis comparações. Mas foi o que você falou, daqui a pouco vai precisar usar camisa com três dígitos!

Ron Groo disse...

Rapaz... Eu li o post e uma música do Antrax não me saia da cabeça: NFL.

Gosto muito deste esporte, pena que tão pouco divulgado por aqui.
Ele é de força, claro, mas tem que ter inteligência também...

PENHA''' disse...

o número da camisa é tão importante
que eu acho que acaba influenciando os jogadores, seria legal se futebol americano fosse mais praticado no Brasil também

O número da camisa é importante em qualquer esporte, como no futebol o 10 ser o craque, achei legal do 0 ser um defensor... rsrsrsrsrs...

O futebol americano achu q n eh praticado aki por causa da cultura do brasileiro, por isso q ele naum vai pra frente aki...