Disputa acirrada no Pólo Aquático

11:19 Net Esportes 3 Comments

Orsolya Takacs (R) of Hungary fights for a ball with Blanca Gill of Spain during their European Water Polo Championships preliminary match in Zagreb September 2, 2010. REUTERS/Laszlo Balogh (CROATIA - Tags: SPORT WATER POLO)
Todos sabem como é conhecido popularmente o jogo de Futebol Americano, trombadas entre os atletas e muita violência, exatamente um dos motivos que fazem todos os jogadores atuarem com capacetes e mais uma infinidade de proteções. Só que jogo duro e violência não são exclusividade do esporte da bola oval ou seu velho primo Rugby, pois qualquer esporte de contato tem uma grande tendência em ser violento. No Futebol as pancadas são totalmente inevitáveis, e os jogadores usam apenas uma caneleira. A disputa ferrenha pela bola de forma mais agressiva acontece também no Basquete e nem se fala do Hóquei no Gelo, onde diversos jogadores perdem quase todos os dentes da frente. A violência às vezes exagerada não é exclusividade dos esportes de luta e está presente nos esportes onde se tem uma bola em jogo, sorte dos que separam os atletas por uma rede.

Feliz é o tenista que vê seu adversário bem longe, ou os jogadores de vôlei que apesar da rede podem acabar se desentendendo também, quem não se lembra dos duelos acirrados entre as jogadoras de Brasil e Cuba a poucos anos atrás. Quando se entra em uma disputa ninguém quer perder de jeito nenhum, ninguém quer deixar de vencer o jogo e ninguém está disposto a levar bolada de um arremessador impreciso no beisebol ou no golfe. A violência infelizmente acaba fazendo parte dos embates pois ninguém quer sair derrotado e apesar de muitas vezes só se lembrar do Futebol Americano quando se fala em violência muitas outras modalidades também poderiam muito bem serem citadas, como por exemplo um esporte que quase ninguém imagina ser tão disputado, de uma forma até violenta que chega a certos exageros, no Pólo Aquático também se luta muito por uma vitória.

E quando o assunto é Campeonato Europeu de Pólo Aquático então aí é que todos acabam jogando de forma ainda mais acirrada. A touca ou gorro faz parte do uniforme e está na regra a obrigatoriedade do uso durante um jogo, mesmo porque é praticamente a única forma de identificar os times pela cor e também os jogadores e jogadoras pelo número, mas a proteção que ela da principalmente nas orelhas do atleta é fundamental, ninguém quer levar bordoada de graça na hora da partida. Água espirrando para todos os lados, tapas e principalmente puxões são inevitáveis para que a posse da colorida bola seja mantida a todo custo. No masculino não se pode reclamar muito, pois muitos outros esportes são violentos assim, mas no feminino o prejuízo acaba sendo maior para algumas jogadoras, devido a deslealdade da rival que puxa o maiô da adversária a deixando muitas vezes com um dos seios à mostra.
Ildiko Toth (R) of Hungary fights for a ball with Matilde Ortiz of Spain during their European Water Polo Championships preliminary match in Zagreb September 2, 2010. REUTERS/Laszlo Balogh (CROATIA - Tags: SPORT WATER POLO)  TEMPLATE OUT
As cenas do jogo de Pólo Aquático onde os seios de uma outra jogadora aparecem são bastante comuns, a jogadora se recompõe rapidamente às vezes indo para de baixo da água mas acaba sendo flagrada pelas câmeras atentas ou fotografias feitas em sequência. Nem sempre se pode colocar a culpa no jogo duro ou falta de ética das adversárias pois a disputa acirrada onde se faz de tudo para pegar a bola e marcar o gol pode levar a todas as consequências. Assim os torcedores e alguns voyeurs de plantão acabam se divertindo enquanto a Hungria, da vítima Ildiko Toth de touca número cinco, perde de 13 a 10 para a Espanha da talvez desleal Matilde Ortiz, afinal todas querem uma vaga nas quartas-de-final de um dos campeonatos mais importantes do Pólo Aquático e estão dispostas a fazer de tudo para conseguir isso, mesmo que façam as adversárias passarem vergonha por alguns instantes. (Fotos: Laszlo Balogh/Reuters via PicApp)

3 comentários:

Muito boa a foto! Adorei!

Não sabia que era bastante comum que durante o jogo havia cenas onde os seios das jogadoras aparecem... Muito bom isso...

Concerteza que quando tiver um jogo de Pólo Aquático aki em MG vou ir assistir agora...

Mateus disse...

Violência é natural em jogos. Disputas fazem uma pessoa fazer de tudo para ganhar. Mas deve ser horrível passar essa vergonha num jogo desses. Acho que uma das reações é apelar para matança..rsrsrs
brincadeirinha...

Victor Bertão disse...

Pois é, quando há competição em jogo, por qualquer mísera que seja a recompensa, sempre há a vontade intriseca de se vencer e que muita das vezes implica na violência. No pólo aquático não é diferente. Viva a disputa acirrada

Parabéns pelo post e pelo blog em geral, de verdade mesmo.

Se puder, me visite.

Abraçoss