Esquiadoras voltam ao Canadá

08:51 Net Esportes 0 Comments

LAKE LOUISE, CANADA - NOVEMBER 30: (FRANCE OUT) Lindsey Vonn of the USA during the Audi FIS Alpine Ski World Cup Womens Downhill training on November 30, 2010 in Lake Louise, Canada. (Photo by Alexis Boichard/Agence Zoom/Getty Images)
Não no palco das Olimpíadas, em Vancouver, mas no país que recebeu a maior competição dos esportes de inverno do planeta. A neve cobre as montanhas de branco e as atletas voltam para dar espetáculo com seus esquis descendo as montanhas. A nova temporada não começou boa para Lindsey Vonn, apenas provas de Slalom e Giant Slalom, desse jeito não tem como figurar nem entre as cinco mais bem colocadas na classificação geral. No total ela tem três títulos consecutivos da Copa do Mundo de Esqui Alpino, uma medalha de ouro olímpica e milhares de fãs lhe seguindo no Twitter e Facebook. Nem ela imaginava que sua vida em 2010 seria tão badalada como foi, festas, entrevistas, programas de TV e muito mais. Mas agora é hora de trabalhar, hora de voltar ao Canadá para voltar a vencer.

Ela não está em Vail, mas Lake Louise é como se fosse a sua segunda casa. 2005, 2006, 2007, 2008, 2009 e 2010 também. Não tem um ano que passe em que Vonn não ganhe uma ou até duas vezes a prova de Downhill na montanha canadense, justamente a sua grande especialidade que lhe rendeu a maior glória de sua carreira neste país tão gelado. No total são nada a menos do que sete vezes que triunfou Lake Louise, não havia um lugar melhor para a primeira prova da qual é especialista, uma vitória a faria voltar para o jogo e voltar a mostrar para as rivais que tem plenas condições de ser tetracampeã na disputa. O problema não foi excesso de confiança, o problema foi a velha rival que tirou um pouco do seu brilho nas Olimpíadas e que conseguiu superar a rainha na prova que não teve muita sorte em Vancouver.

Sete triunfos em cinco anos sem dúvida assusta qualquer um, até mesmo a alemã Maria Riesch que ressaltava o feito da amiga em praticamente todas as entrevistas que concedia. O detalhe é que a vencedora de duas medalhas de ouro nas Olimpíadas já havia conseguido vencer uma prova de Downhill em Lake Louise também, pelo menos uma, em 2006. Ela sabe os caminhos da montanha canadense também, sabe descer não só o Downhill como o Slalom também, por isso já tem dois segundos lugares e uma vitória a coloca na liderança geral da competição. A esquiadora da show, consegue a glória e deixa a norte-americano sete vezes campeã neste palco em segundo lugar. A rainha que foi coroada em Vancouver consegue ser a melhor depois de muito tempo, só resta saber se ela conseguirá manter a força ou não.
ASPEN, CO - NOVEMBER 28: Maria Riesch of Germany reacts after finish as she finished second in the Slalom during the Audi FIS Women's World Cup Aspen Winternational on November 28, 2010 in Aspen, Colorado. Riesch also earned the overall points lead in the World Cup Slalom. (Photo by Doug Pensinger/Getty Images)
A vida das esquiadoras não para e segue dura, Lake Louise terá mais uma prova de Downhill neste sábado e mais um Super G no domingo, mais duas chances para Lindsey Vonn não passar a nova temporada do Esqui Alpino em branco na cidade em que já alcançou a glória tantas vezes, mais duas chances para ela provar que pode voltar a vencer depois do sucesso, da fama e da badalação da mídia. Agora não é hora de aparecer nas capas das revistas, imitando a Sharaon Stone. Agora é hora de esquiar, de trabalhar, de vencer. Porque mesmo que a temporada esteja apenas em seu início, conseguir pontos agora pode ser determinante no final da disputa em março do ano que vem, e isso Maria Riesch, Tanja Poutiainen e até Elisabeth Görgl já estão fazendo, só falta agora Lindsey Vonn fazer para não ficar muito atrás delas. (Fotos: Alexis Boichard/Agence Zoom/Getty Images e Doug Pensinger/Getty Images via PicApp)

0 comentários: