Um título pela regularidade

09:34 Net Esportes 2 Comments

Se os dias continuassem sendo como sempre foram, todos iriam continuar sem nunca ter ouvido falar da esquiadora Nadja Kamer. A suiça que tem hoje 24 anos de idade jamais conseguiu ir além de dois pódios na Copa do Mundo de esqui alpino conseguidos em janeiro do ano passado. Kamer ficou em segundo lugar na etapa de Haus im Ennstal e foi terceira colocada em Cortina. Ambas medalhas vieram em sua modalidade favorita, o Downhill, que voltou a ser disputado na temporada desse ano quando as esquiadoras partiram para Åre, na Suécia. A chance de voltar ao pódio, de quem sabe ver o mundo tomar conhecimento de que ela exista, a vontade natural de cada atleta lutando para ser reconhedido. Às vezes seria melhor continuar no anonimato.

Nadja Kamer voltou a ser notícia, se é que algum dia já tenha sido notícia. Mas o problema da esquiadora sueca é que ela não está novamente no pódio, muito menos conseguiu a sua primeira vitória na vida, Nadja Kamer é notícia porque na descida do Downhill em Are ela sofreu um acidente espetacular que deixou chocado o público presente no local. Kamer abriu muito em uma das curvas e acabou se chocando com as rede de proteção, em seguida acabou dando uma série de cambalhotas intermináveis só parando em outra rede de proteção bem longe do curso normal da pista. O resgate trabalhou rápido, sem evitar, no entanto, que a competição ficasse parada por cerca de 15 minutos.

O acidente feio de Nadja Kamer aconteceu justamente em um momento extremamente importante da Copa do Mundo de Esqui Alpino, marcada neste final de semana pela intensa briga que acontece em busca da liderança geral da competição. A alemã Maria Riesch venceu a prova do Super Combinado na sexta-feira, e neste sábado a americana Lindsey Vonn provou que está recuperada da contusão que sofreu no início de fevereiro e também deixou para trás o fraco desempenho que teve no Campeonato Mundial, conseguindo vencer a prova de Downhill e se manter firme em busca da liderança geral. O problema da atual campeão, porém, é que Riesch está conseguindo fazer um campeonato bem mais regular, e isso pode lhe render o título no final.

Maria Riesch chegou a 1356 pontos após sua vitória, enquanto que Vonn foi aos 1140. E após a descida de sábado, a alemã chegou a 1416 pontos enquanto que a americana foi a 1240. Isso porque Riesch ficou em terceiro lugar no Downhill enquanto Vonn não conseguiu ir ao pódio no combinado, modalidade que está fazendo a diferença, já que Riesch a lidera com Vonn em terceiro lugar, ao contrário do Downhill onde Vonn é líder com Riesch em segundo. A diferença está no Slalom onde Riesch aparece em terceiro lugar sem a presença de Vonn, cuja última esperança passa a ser o Super G, modalidade que lidera com a rival em segundo lugar, e prova que acontece neste domingo em Are, torcendo para que nenhum acidente grave aconteça novamente e que as notícias falem apenas da disputa acirrada pelo título.

2 comentários:

Jean Francisco disse...

Além da beleza e dos atrativos naturais que o Esqui Alpino propõe nas suas exibições, existe também os acidentes impressionantes, que chocam o público e todos que assistem. ainda assim, o esporte é menos "traumático" e que o nosso bom e querido Futebol. E olhe que é pura adrenalina...
Abs.
Jean Francisco
esportday.blogspot.com

Pablo Luiz disse...

Muito bom o post. Aí, por favor sigam meu blog:
analisedoesporte.blogspot.com/