Falta o Floyd Mayweather jr.

09:26 Net Esportes 0 Comments

De forma tendenciosa ou equivocada, a mídia de um modo geral tratou o duelo entre Manny Pacquiao e Shane Mosley, ocorrido na noite do último sábado no MGM Grand Garden Arena em Las Vegas, como a primeira grande luta de boxe do ano. É muita falta de consideração com o peso pesado que assim como o Kentucky Derby foi apontado como um dos grandes eventos esportivos que mais perdeu interesse do público nas últimas décadas, não se pode ignorar desta forma uma luta de um dos irmãos Klitschko, mais especificamente o irmão mais velho Vitali Klitschko, que derrotou Odlanier Solis no último dia 19 de março. O detalhe talvez seja a falta de um americano em cima do ringue, o fato das lutas de peso pesado estarem acontecendo na Europa e a tendência de apontar o filipino Pacquiao como o maior lutador da atualidade, o maior lutador que até hoje ainda não enfrentou o segundo maior, ainda falta lutar contra Floyd Mayweather Jr.

Manny Pacquiao se envolveu com política em seu país, chegou aos 32 anos de idade, tem dinheiro de sobra para resolver parar de levar porrada na cara, mas não desiste e principalmente não sai de forma. A luta contra o veterano Mosley, que aparentemente estava acabado desde que foi derrotado por Floyd Mayweather Jr. no ano passado e depois disso apenas empatou com Sergio Mora, talvez não oferecesse tanta ameaça para Pacquiao, mas acabou sendo um duelo bem equilibrado. O pugilista visto como o melhor da atualidade chegou a mandar seu rival de 39 anos de idade para o chão no terceiro round, foi só isso, pois Mosley estava com vontade de dar trabalho e resistiu até o último round, nesse momento fugindo dos golpes e sendo vaiado pelo público que lotou o palco da luta, assim o resultado não poderia ser outro.

Vitória unênime por pontos para Manny Pacquiao, ele queria o 39º nocaute da carreira, mas não foi possível. Pacquiao chegou a sua 14ª vitória consecutiva, a 53ª vitória na carreira com três derrotas e dois empates. Pacquiao tem lutado de duas a três vezes por ano nos últimos quatro anos, passou por Antonio Margarito, Joshua Clottey, Miguel Cotto, Ricky Hatton e o grande Oscar De La Hoya, ele não precisa provar mais nada, ele talvez até seja o maior lutador da atualidade, mas ele precisa passar pelo hoje visto como segundo maior lutador da atualidade, ele precisa enfrentar o lutador que jamais foi derrotado em toda a sua carreira. O mundo precisa de uma luta entre Manny Pacquiao e Floyd Mayweather jr., os meio-médios nunca serão os mesmos se em sua história não houver esse combate que aí sim, será sem dúvida alguma maior ou tão importante quanto um duelo de unificação dos títulos no peso pesado. (Foto: Chris Trotman/Getty Images)

0 comentários: