Tríplice Coroa nunca mais

09:18 Net Esportes 0 Comments

O Belmont Park é um lugar maio afastado na cidade de Nova York, está localizado em um ponto bem mais longe que o complexo de tênis de Flushing Meadows e até um pouco mais adiante que o aeroport JFK. A linnha azul E do metrô e a laraja F param um pouco antes na estação Jamaica 179, já o trem quase chega lá indo até a Queens Village, sendo que para quem for de carro a jamaica avenue é uma excelente opção. O tempo feio e nublado também não ajudam muito, e logo agora que o calor chegou na cidade que enfrenta longos meses de muito frio e neve durante o inverno. Desta forma fica difícil pensar que milhares de pessoas vão até lá em um sábado a tarde, só para ver uma corrida de cavalos, mas elas vão, porque não é uma corrida qualquer, é a 143ª edição do Belmont Stakes.

Em 143 anos de existência a terceira corrida mais importante do turfe americano tem muita história para contar. Uma dessas histórias aconteceu em 1978, quando o cavalo Affirmed, que na época foi montado pelo jockey Steve Cauthen, ganhou a famosa corrida. Mais do que isso, Cauthen havia conduzido seu veloz animal para outras duas glórias antes desta em Nova York, pois havia sido o melhor também no Kentucky Derby e no Preakness Stakes, justamente as outras duas corridas que foram a tão consagrada Tríplice Coroa do turfe americano. O único problema é que essa foi a última vez a um cavalo venceu as três principais corridas no mesmo ano, levando claro em consideração ser impossível vencer em anos diferentes. Depois de 1978 nunca mais, a Tríplice Coroa jamais conseguiu consagrar outro cavalo depois de Affirmed.

Nesse ano de 2011 o vencedor do Kentucky Derby foi Animal Kingdom, a grande surpresa do primeiro sábado de maio já que o cavalo dominante do Reino Animal não era favorito. Já no Preakness ele veio com o status de melhor do páreo, afinal todos esperam desde 1978 por mais um vencedor da Tríplice Coroa, mas no final outro azarão prevaleceu na linda de chegada, Shackleford, que já colocava um fim na esperança dos fãs das corridas de cavalos. E se não haverá um mesmo campeão nas três corridas, então o que resta no fim de tarde sombrio e nebuloso que a cidade de Nova York proporcionou neste sábado é apenas um grande duelo entre os dois campeões, mas nem isso aconteceu, Shackleford ficou apenas na quinta colocação e Animal Kingdom foi pior ainda, terminou em sexto lugar.

A Tríplice Coroa parece que nunca mais vai acontecer, não só porque não acontece desde 1978, mas também porque nem quando as chances são enormes, como em 2008 quando Big Brown ganhou as duas primeiras provas, elas se concretizam, pois aparece um Da'Tara para acabar com a festa. Mais do que isso é ver o que aconteceu nos últimos três anos, quando houve três diferentes vencedores para as três principais corridas de cavalos do ano, isso é justamente o oposto do que todos querem ver, e o pior é quase ver um jockey, Calvin Borel, vencendo as três provas com cavalos diferentes, mas foi apenas quase, nem isso acontece. O que acontece é que Ruler on Ice venceu o Belmont desse ano, correndo na areia molhada mesmo e não no gelo, cravando seu nome na história, pois mesmo que ninguém fature a Tríplice Coroa sempre haverá uma história para se contar a cada ano no Belmont Park, tão longe de Manhattan e tão perto do coração de quem ama o turfe. (Por: Net Esportes Foto: Rob Carr/Getty Images)

0 comentários: