1999: último lockout da NBA

09:48 Net Esportes 6 Comments

 lockout da NBA 2011 1999A temporada do Futebol Americano já começou, já teve duas semanas de jogos, mas os torcedores apaixonados pela NFL sofreram muito com o lockout que ameaçou muito as partidas e quase colocou em risco o campeonato. Agora quem sofre são os fãs do basquete, com mais um lockout na NBA, um dos grandes, que pode resultar em um final bem parecido com o que aconteceu em 1999, época em que pela primeira vez na história o bloqueio atrasou o início da temporada. Era a terceira vez que a NBA sofria com a falta de acordos trabalhistas, porém a liga orgulhava-se de jamais ter sido obrigada a cancelar os confrontos como nos três meses parados em 1995 e nas três horas que durou o lockout de 1996. Se fosse como nesse tempo estava bom, mas as coisas são bem piores do que parecem.

Kobe Bryant está recebendo propostas de vários países, pode ir jogar na Itália e já falou até em fazer caixinha para arrecadar dinheiro e ajudar os atletas em maiores dificuldades. Segundo o jogador do Los Angeles Lakers, todos estão se preparando para o lockout a mais de três anos, mesmo que em 2005 um novo acordo foi feito para evitar a greve. Desta vez ainda não tem acordo, as equipes querem mais participações nos lucros da liga, os jogadores querem receber mais, ninguém quer saber de teto salarial e a discussão ainda vai longe, muito longe. Assim ninguém pode treinar, ninguém pode jogar na pré-temporada, ninguém poderá estar em quadra no mês que vem, quando deveria começar a temporada, e desta forma o destino de todos será exatamente igual ao destino dos que arremessavam a bola laranja em direção à cesta no ano de 1999.

O lockout de 1999 começou em 1º de julho de 1998, justamente a mesma data que deu início a este lockout 2011-2012. O Chicago Bulls havia sido campeão, Michael Jordan era um ídolo gigantesco e grande responsável pelo aumento da popularidade do basquete americano, mas estava encerrando a carreira pela segunda vez. O ídolo ainda não sabia quando iria voltar e a NBA muito menos. Nada de jogos preparatórios, nada de abertura festiva, com hino nacional e arenas lotadas. Não teve jogos em outubro, nem em novembro e nem houve também as tradicionais partidas natalinas do dia 25 de dezembro. A NBA parou por 204 dias, perdeu 464 jogos da temporada regular e voltou apenas no dia 6 de fevereiro de 1999, para o campeonato mais curto de sua história.

Ao invés dos 82 jogos da temporada regular, cada equipe jogou apenas 50 vezes. Miami Heat, Indiana Pacers e Orlando Magic jogaram bem, conseguindo 33 vitórias no Leste. Já no Oeste o San Antonio Spurs naõ dava chances para ninguém, tendo perdido apenas 13 vezes. A equipe liderada por Tim Duncan e David Robinson manteve a força até a decisão, onde enfrentou o New York Knicks, que apesar de ter sido o oitavo classificado do Leste, surpreendeu nos playoffs, graças às boas atuações de Patrick Ewing e Latrell Sprewell. E com uma vitória de 4 jogos a 1 o Spurs faturou seu primeiro de quatro títulos que possui até hoje, na menor temporada da história da NBA, pelo menos até esse ano, quando todos parecem estar fazendo de tudo para conseguir um novo recorde negativo no melhor basquete do mundo. (Foto: Ilustração)

6 comentários:

Ron Groo disse...

Mas e ai... alguma noticia sobre as negociações? Ou não teremos o melhor esporte do mundo ano que vem?

Net Esportes disse...

@Ron Groo: Negociações paradas Groo, estão dizendo que se não houver acerto em uma semana a pré-temporada já estará prejudicada.

Luiz Paulo Knop disse...

Lembro bem do lockout de 99, o Lakers tinha um jovem Kobe querendo brilhar e começava a se tornar o time tricampeão 2 anos depois.

Foi a partir desse ano que comecei a tomar raiva dos Spurs e torci muito pro Knicks na final.

O que mais surpreende é que o assunto não é novo, vem se desenrolando faz tempo e ninguém quer ceder... tá parecendo greve dos Correios!!!

Luiz Paulo Knop
http://esporteresenha.blogspot.com

Net Esportes disse...

@Luiz Paulo Knop: Nem me fala dos correios, fiz maior correria semana passada para evitar ter que receber uma remessa pelo correio !!!!

Eu não tinha nada contra o Spurs, mas também torcia para o Knicks, foi a última vez que havia torcido para o Knicks até o ano passado e principalmente depois que chegou o Stoudomire e o Carmelo Anthony .... já passou da hora do Knicks voltar a ser campeão na NBA.

Patrick Araújo disse...

O foda que eh mta gente querendo ganhar dim dim e ninguem quer sair perdendo um pouco.

Infelizmente ninguem hj joga por amor ao esporte e sim pelo dinheiro. Esse eh o mundo capitalista de ser...

Net Esportes disse...

@Patrick Araújo: Um dos argumentos usados pelos jogadores é que jogar basquete é um trabalho como qualquer outro, todos estão querendo apenas o que lhes é de direito, mesmo porque se não for pro jogador o dinheiro vai para alguém, então que seja grande parte para o atleta que está fazendo o espetáculo ... sem falar nos argumentos de lesões e o quanto complicado será o final da vida de um ex-atleta, provavelmente cheio de dores e problemas físicos.