O oito e o oitenta da NFL 2011

15:02 Net Esportes 3 Comments

Green Bay Packers NLF 2011 sete vitórias nenhuma derrota Colta perde de 62 a 7Peyton Manning não vai jogar, assim fica muito fácil apostar em uma derrota do Indianapolis Colts. Aaron Rodgers estará em campo lançando a bola oval novamente, esse é um motivo que cada vez mais se torna impossível não apostar em uma vitória do Green Bay Packers. Um é o oito e o outro é o oitenta da atual temporada de Futebol Americano da NFL. O primeiro não só perder como perde todas as partidas, todos os sete duelos que fez até agora em 2011. O outro não só ganha como ganha todos os jogos, sem tomar conhecimento do adversário, sem deixar o ritmo de campeão cair jamais. Ganhar é o que importa, mesmo que seja por uma diferença pequena, já perder é sempre ruim, porém perder por um placar elástico é muito pior.

O torcedor apaixonado pelo Colts não se importa muito com a fase ruim; Ele sabe que Peyton Manning voltará um dia e as coisa voltarão ao normal. Perder por 34 a 7 na primeira rodada frente ao Houston Texans foi a mesma coisa que perder por 28 a 24 na semana cinco contra o Kansas City Chiefs. Ficar no quase não vai mudar nada nessa altura do campeonato. Mas depois da rodada deste domingo eles terão que levar em consideração o fato de que nada é tão ruim que não possa ficar pior. O adversário foi o New Orleans Saints, tinha cheiro de reedição do Super Bowl XLIV, mas sem Manning em campo só restou ver um grande show de Drew Brees e seus companheiros. Eles simplesmente aniquilaram o Colts dentro de campo.

Jamais em toda a história da NFL o New Orleans Saints havia conseguido tantos pontos em uma mesmo jogo. Jamais qualquer outro time da NFL fez tantos pontos em uma mesma partida desde a junção das duas principais ligas de Futebol Americano dos Estados Unidos em 1970. Mais um dia para a história do esporte mundial, o dia que o Saints derrotou o Colts por acreditem ou não 62 a 7. Massacre como nos campos de guerra dos séculos que ficaram para trás, uma tortura que causou feridas não visíveis, porém tão dolorosas quanto as que Muammar Kadhafi sofreu ao ser morto pelos rebeldes na Líbia. Ninguém apostaria em favor do Colts nesse duelo, nem os próprios torcedores, mas ninguém imaginava um placar tão elástico, uma vitória tão contundente e tão importante quanto a do Green Bay Packers.

Nada de 62 a 7 e nem mesmo uma grande diferença de pontos. O Packers derrotou o grande rival Minnesota Vikings por 33 a 27 em mais uma grande atuação de Aaron Rodgers que está jogando muito neste início de temporada e não foi intercetado desta vez, levando em consideração que o Vikings havia sido um dos únicos dois times que o interceptaram no ano passado. A equipe dos cabeças de queijo chegou a estar perdendo no segundo quarto, mas conseguiu 20 pontos no terceiro período e garantiu mais um excelente resultado, elevando seu recorde para sete vitórias e nenhuma derrota. Já são 13 vitórias seguidas desde o anos passaodo contanto os jogos de pré-temporada. Isso pode ser muito bom, pode ser que o título se repita, mas é sempre bom não se empolgar demais e ver uma inversão de oito com oitenta.

A inspiração do Packers é saber que a equipe é uma das únicas que conseguiu vencer o Super Bowl em dois anos consecutivos, justamente os dois primeiros. A inspiração é saber que o New England Patriots de 2008 ganhou tudo e acabou perdendo justamente no Super Bowl, justamente o jogo que não poderia perder, portanto é bom manter os pés no chão sempre. Já o Indianapolis Colts pode se inspirar no Detroit Lions de 2008 também, que perdeu todos os 16 jogos da temporada regular e hoje faz uma boa campanha na NFC Norte com cinco vitórias e epnas duas derrotas, atrás apenas do Packers. Sem falar que quando Peyton Manning voltar tudo será diferente, até a vontade de cada um dentro de campo, a motivação e tantas outras coisas, que só não poderão mais apagar o que já foi escrito, a maior derrota da equipe em todos os tempos. 62 pontos sofridos, é muito touchdown. (Foto: Adam Bettcher /Getty Images)

3 comentários:

Lucca disse...

Obrigado por também comentar no meu blog! Seu blog é um dos melhores sobre esportes,você conhece bem sobre tudo que escreve.

Infelizmente é isso mesmo,nada é tão ruim que não possa piorar, e essa temporada do colts serve de alerta. Com a defesa que temos, talvez nem o grande manning resolva! O que resta é fazer um draft voltado para a linha defensiva na próxima temporada, e torcer para darem resultado. Abraços!

Patrick Araújo disse...

Infelizmente eu naum acompanho o futebol americano, mas pode isso se um jogador tiver de fora o resto do time sentir tanto sua falta assim!?

Net Esportes disse...

@Lucca: Muito obrigado Lucca. Verdade a defesa está terrível!

@Patrick Araújo: O Quarterback é o cérebro do time, aquele cara qie lança a bola e comanda todas as jogadas. Se ele não for bom o time não anda. Mas como comentou o Lucca esse ano a defesa do Colts está muito ruim, se o Manning estivesse jogando a campanha poderia estar pelo 50-50 %!!