Foi o melhor tenista de 2011

09:15 Net Esportes 2 Comments

Foi na cinzenta Londres, a capital da Inglaterra, uma de suas cidades favoritas e um dos seus lares no mundo do tênis. Roger Federer, simplesmente o jogador que mais vezes venceu um torneio de Grand Slam, não tomou conhecimento de nenhum rival, passou por Mardy Fish, por Jo-Wilfried Tsonga, atropelou Rafael Nadal e só confirmou na fase final da competição a força suprema que havia demonstrado na fase de classificação. Até onde poderia ir David Ferrer? Como não vencer Tsonga duas vezes jogando assim? O suiço se torna o campeão do ATP Finals mais uma vez, a sua sexta conquista, um novo recorde que deixa Pete Sampras e Ivan Lendl para trás. Mas será mesmo que Roger Federer foi o melhor tenista de 2011 por esse feito apenas?

No ATP Finals, a competição que em outras oportunidades teve outros nomes, acaba sendo no fundo a mesma coisa de sempre. Realizada no final do ano ela reúne os oito melhores tenistas de cada temporada; Não são os oito mais bem colocados no ranking da ATP, são os oito melhores posicionadas na chamada "Corrida dos campeões". É claro que se trata de um torneio com seu lado interessante, é como ver uma fase de quartas-de-final de um torneio Grand Slam com os oito melhores da atualidade, mas com uma pequena diferença que é a disputa no formato de grupos e chaves, onde o tenista que perde um jogo ainda mantém chances de ir para a semifinal. Na teoria o campeão entre os melhores do ano seria o melhor do ano, mas na verdade ele é apenas o melhor do momento.

Jamais vamos tirar o mérito de se vencer um torneio como o ATP Finals. Todos querem vencer uma competição que reúne apenas os melhores de cada temporada, serve para mostrar sua força, seu potencial, sua capacidade de superar rivais à sua altura. Mas será que o campeão é mesmo o melhor daquele ano em que ele venceu? Será que Rafael Nadal nunca foi o melhor em algum ano da sua carreira como em 2008, por exemplo? Será que Nikolay Davydenko foi mesmo o melhor de 2009 ou Michael Stich o melhor de 1993? Certamente que não é a melhor resposta para todas essas perguntas, assim como dizer que Roger Federer definitivamente não foi o melhor de 2011. O suiço teve seus méritos em vencer o ATP Finals desta ano, porém convenhamos que com Andy Murray fora por lesão, Novak Djokovic longe de seus melhores dias e Nadal com problemas também facilitaram demais para o jogador que em muitas das outras cinco vezes que venceu foi o melhor do ano sem dúvida alguma.

Com uma sequência invejável de vitórias consecutivas, três títulos de Grand Slam e uma semifinal no outro, o número um do mundo alcançado e mantido no final da temporada, não resta a menor dúvida de que Novak Djokovic foi o melhor tenista de 2011 disparado, mesmo que não tenha vencido o ATP Finals. Assim a competição dos melhores serve apenas para ver quem é o melhor agora, quem estava melhor em Londres e quem é o melhor entre o melhores, e Federer é isso mesmo já estando com 30 anos de idade. O ATP Finals de 2011 não coroou o melhor de 2011, mas mostrou que o suiço renasceu das cinzas em seu pior ano como profissional, um ano em que não venceu nenhum Grand Slam. Federer provou que ainda está vivo mesmo que não tenha visto seus maiores adversários 100%, provou que se não for Nadal ou Djokovic é praticamente impossível superá-lo e quem sabe mais alguns títulos de Grand Slam venham pela frente. Quem sabe ali mesmo em Londres, em Wimbledon, um dos seus lares, no Grand Slam e nas Olimpíadas de 2012. Afinal 2012 ainda nem começou e qualquer um tem chances de ser o melhor da temporada, vencendo ou não o ATP Finals. (Foto: AFP PHOTO / GLYN KIRK)

2 comentários:

Patryck - Admin. disse...

Desde que eu me entendo por gente, o melhor do tênis foi assim: Guga -> Rafael Nadal -> Novak Djokovic.
Será que o Federer assumirá este posto em 2012?

Vote no seu time:
http://fcgols.blogspot.com/

Net Esportes disse...

@Patrick: Sinceramente Patrick, se o Federer ainda não entrou na sua lista então é porque você não gosta muito dele, pois ele já foi várias vezes o melhor de todos, inclusive superou Sampras em número de Grand Slam´s e agora superou todos mundo em ATP Finals ... ele até pode assumir o posto em 2012 ... mas isso significará RE-assumir !!!! abraço!