De novata Azarenka não tem nada

11:59 Net Esportes 0 Comments

Houve quem afirmou ter se lembrado da final de Wimbledon realizada no ano de 2004. Já faz um bom tempo e quem estava em um dos dois lados da quadra era a então desconhecida Maria Sharapova. Justamente uma das jogadoras que agora em 2012 deslumbra toda a sua beleza em mais uma final de Grand Slam, só que na decisão do Aberto da Austrália e não na grama sagrada de Londres. O motivo para regressar sua memória em oito anos foi devido ao fato de que uma novata estava derrotando uma veterana na final de um torneio de Grand Slam, no caso quem perdia era ninguém menos que a americana Serena Williams. Mas hoje Sharapova seria a veterana da vez contra a novata, isso se a sua rival fosse mesmo uma novata como ela foi em Wimbledon 2004.

Victoria Azarenka tem 22 anos de idade e é apenas dois anos mais nova que Maria Sharapova. A bielorrusa começou a jogar em torneios de Grand Slam no ano de 2006 quando tinha 16 anos, praticamente a mesma idade que tinha Maria Sharapova quando começou a jogar os grandes torneios em 2003. E a grande diferença é justamente essa, Maria Sharapova tinha apenas 17 anos de idade quando venceu seu primeiro Grand Slam em Wimbledon 2004. Serena Williams tinha 23 anos e já havia vencido seis torneios de Grand Slam. Nesse caso existe apenas uma inexperiência em finais de Grand Slam para Azarenka que tentava seu primeiro título na Terra do Conguru. Mas estava bem longe de ser novata, sendo que a prova disso foi a contundência no resultado que obteve.

Antes de decidir na Austrália, Victoria Azarenka havia chegado no máximo a uma semifinal de Grand Slam. Foi em Wimbledon do ano passado. Quando tinha a idade que Sharapova tinha quando venceu seu primeiro Grand Slam, ela não passava da primeira, terceira ou quarta rodada jamais. Depois disso chegou às quartas-de-final apenas quatro vezes. Isso não a impediu de se tornar conhecida no circuito, conseguindo excelentes resultados, 18 títulos de simples e a chance que não desperdiçou neste sábado de se tornar a mais nova número um do ranking da WTA. Uma oportunidade que não foi desperdiçada depois de passar pela favorita Kim Clijsters na semifinal e não dar a menor chance para Sharapova na grande decisão. A russa levou até pneu da bielorrussa.

De 2004 até hoje é tempo suficiente para ter conseguido muitos títulos de Grand Slam. Mas Sharapova tem apenas três em seis finais disputadas. A russa parece jogar tudo ou não jogar nada quando chega em uma final de Grand Slam. Jamais disputou três sets em qualquer uma das seis decisões, ou vence fácil ou perde mais fácil ainda. Tomou 6-0 de Azarenka no segundo set. Maria Sharapova também poderia ter sido número um do mundo novamente, mas isso não significa que o posto não está em boas mãos. Pelo menos Victoria Azarenka assume a ponta no ranking vencendo um torneio de Grand Slam em sua primeira final disputada, não seguindo os passos de Caroline Wozniacki, Dinara Safina e Jelena Jankovic que também chegaram lá, mas sem vencer nenhum Grand Slam. Nem quando eram novatas e nem mesmo quando eram consideradas novatas com muitos anos de circuito. (Foto: Getty Images)

0 comentários: