Giants e Patriots no Super Bowl

11:06 Net Esportes 3 Comments

A chuva caiu forte no Candlestick Park, em São Francisco, Califórnia. A água molhou todo mundo, o vento era muito forte e a temperatura estava na casa dos 11ºC. A bola oval do futebol americano deve estar sempre nas mãos de quem entende desse jogo, nas mãos do quarterback, do runningback ou do wide reciver. Mas na final da NFC a chance de ser campeão colocou a bola oval nos pés de um escocês. Lawrence Tynes, por mais irônico que possa parecer, acertou seu primeiro field goal pelo Giants jogando no estádio Wembley, na Inglaterra, contra o Miami Dolphins. E quatro anos após ser campeão pela equipe de Nova York ele coloca seu time na decisão do Super Bowl mais uma vez, e mais uma vez contra o New England Patriots.

A torcida do San Francisco 49era vai embora molhada e frustrada. O fumble, o erro, a dor de uma derrota lamentável, a chance de conseguir desempatar antes de ver o jogo ir para a prorrogação da qual ninguém quer mais se lembrar. O placar final de 20 a 17 só reflete o que foi toda a temporada, o que realmente é o futebol americano e o que é a NFL. Um equilíbrio fantástico, emoção até o final, nada está definido enquanto não se define. Não da para saber quem será o grande campeão do Super Bowl. Eli Manning quer mais um título, quer repetir a façanha de 2007. Tom Brady e o Patriots querem a revanche, querem devolver a única da derrota da temporada perfeita justamente para o time que literalmente acabou com sua maior chance de ter sido 100% perfeito.

Não pela derrota em 2007, e sim por algumas derrotas em playoffs que não deveriam ter acontecido. Quantos títulos poderia ter esse New England Patriots de Tom Brady? Eles ganharam três no começo da última década, mas poderiam ter ganhado muito mais desde então. Mesmo assim isso não faz Brady deixar de já ser considerado um dos maiores da história. A vitória contra o Baltimore Ravens neste domingo foi a 16ª de sua carreira jogando em playoffs. Ele simplesmente igualou a marca do lendário Joe Montana, o quarterback que defendia as cores do 49ers e que foi campeão do Super Bowl quatro vezes na carreira. Aos 34 anos Brady pode chegar ao seu quarto título em sua quinta decisão da NFL, isso se Manning e os Giants não puderem evitar.

Pare o que estiver fazendo no próximo dia 5 de fevereiro à noite. Faça como os americanos, compre salgadinhos, guloseimas, coma e beba na frente da TV como se não houvesse o amanhã. Não deixe de assistir a mais uma edição do Super Bowl que como todas promete ser épica e inesquecível. Um dos maiores eventos esportivos de todo o planeta, um esporte incrível que cresce cada vez mais no Brasil e ganha novos fãs a cada ano. Eli Manning contra Tom Brady mais uma vez. O New York Giants enfrentando o New England Patriots como aconteceu em 2007. Nova York contra Boston, a velha rivalidade do beisebol entre Yankees e Red Sox se fortalecendo ainda mais no futebol americano. Não tem como um acontecimento esportivo como esse que terá até show da Madona não ser considerado o maior do ano antes mesmo de acontecer. Mesmo porque a certeza de que ele será inesquecível é tão grande quanto a ansiedade de esperar até o dia que ele aconteça. (Foto: Getty Images)

3 comentários:

Ron Groo disse...

Este ano eu vou poder assistir, vai passar em tv aberta na EI, finalmente.

Net Esportes disse...

@Ron Groo: Finalmente mesmo Groo, tomara que ano que vem passem jogos da temporada toda. E o melhor é que da para ver pela internet também.

Silvio Peters disse...

Let's go Giants!!!