Jenson Button não venceria na China

09:57 Net Esportes 5 Comments

Uma nuvem branca cobre o céu, névoa, fumaça; É apenas uma grande poluição, assim é a China, tal como nas Olimpíadas. Da Índia só veio o Narain Karthikeyan, mas na pista do Shanghai International Circuit o que se vê é uma verdadeira fila indiana. O motivo é que alguns pilotos optaram por fazer três paradas enquanto outros arriscaram apenas duas idas até os boxes para trocar seus pneus. A primeira opção sem dúvida alguma era a melhor escolha, afinal seja pneu duro ou mole, eles continuam se desfazendo rápido e prejudicando o desempenho em uma corrida. Só que mesmo sendo ultrapassados no final, alguns pilotos com duas paradas terminaram em posições que não conseguiriam com três, inclusive o vencedor do dia, que venceria de qualquer forma, fosse ou não fosse o problema que Jenson Button teve em sua terceira parada.

O inglês da McLaren que não é o Hamilton viu um dos mecênicos ter dificuldades na troca de uma das rodas traseiras. Lá se foram seis segundos preciosos que poderiam ter lhe colocado na frente de Felipe Massa quando voltou à pista e liberdade para seguir na caça ao líder Nico Rosberg. Entre eles não havia Michael Schumacher, porque o veterano alemão se tornou o único a abandonar o GP da China de 2012 justamente porque um dos mecânicos não colocou o penu traseiro direito. Pelo menos Button voltou para a pista. Muitos pensaram que essa perda de tempo tirou a vitória do campeão de 2009, mas isso não é verdade, justamente porque a desvatagem de Rosberg viria se ele fizesse três paradas. Ele só fez duas. "Aqui é Ross Branw meu filho".

O rei das estratégias, será que ele mudou de idéia quando viu Rosberg cair para segundo na segunda parada? Será que ele mandou o filho de Keke Rosberg seguir na pista mesmo perdendo tempo com os pneus usados só porque Button havia ficado para trás? Será que Button iria alcançar Nico Roberg com penus novos se não tivesse perdido tempo nos boxes a ponto de ultrapássalo? Eu acho que não, mesmo porque Button demorou uns três dias e meio para passar Sebastian Vettel, que tinha os pneus desgastados por optar por apenas duas paradas, uma estratágia que para ele e para Romain Grosjean deu muito certo, pois ambos melhoraram muito suas posições de largada. Isso, no entanto, não quer dizer que a Mercedes com seu novo duto-F fazendo "efeito Coanda" seja melhor que a McLaren, mas está ajudando a trazer equilíbrio, ultrapassagens e uma fila indiana no meio da poluição chinesa.

Assim, após 111 corridas, Nico Rosberg finalmente consegue sua primeira vitória na corrida onde havia conseguido sua primeira pole-position. Nada muito diferente de seu pai que conseguiu cinco vitórias em 114 corridas. Exceto talvez pelo fato que Keke foi campeão em 1982, um ano bizarro onde quase ninguém conseguia terminar uma corrida. Essa Mercedes como equipe também chegou a sua primeira vitória desde 2010, levando um enorme sorriso à Schumacher que já está sonhando em cruzar a linha de chegada novamente. Isso se as estratégias continuarem dando certo, pois a McLaren sem degrau no bico segue andando no seu ritmo constante, sem polêmicas com difusor e colocando Hamilton em terceiro lugar pela terceira vez seguida. Regularidade que lhe rende a liderança. Pelo menos até o GP do Bahrain, no meio da guerra, para mais uma batalha da Fórmula 1. (Foto: AFP PHOTO/Peter PARKS)

5 comentários:

Luiz Paulo Knop disse...

Também acho que Rosberg venceria, mesmo sem o problema de Button. A verdade é que a McLaren pinta como o nome da temporada, mas não descarto Mercedes e nem Red Bull nessa briga ainda não. Muita água vai rolar e promete ser a temporada mais emocionante dos últimos anos.

Luiz Paulo Knop
www.resenhaesportiva.com

Ron Groo disse...

Também acho que não venceria... Poderia até acirrar a briga, mas vencer é um exercício de pitonismo que eu não ousaria fazer.

Patrick disse...

Concordo, também acho que não venceria...

Eu também acredito que a Mercedes e a Red Bull podem ainda incomodar a temporada da McLaren que evoluiu e muito o seu carro da temporada passada pra esta...

Net Esportes disse...

@Luiz: Não sei se tão emocionante como 2010, mas ta caminhando pra isso.

@Ron Groo: Temos que jogar pedras em quem escreve matérias e manchetes dizendo que o Button perdeu a corrida só por causa da perda de tempo nos boxes. Santa paciência ler esse tipo de coisa !!!

@Patrick: Pelas duas primeiras corridas tenho duvidas ainda com o Mercedes, mas devem incomodar mesmo. Ainda assim acho que a McLaren terá mais regularidade e o título fica na mão de um dos seus pilotos. A Red Bull tem feito corridas de recuperação excelentes, se melhorarem na classificação podem incomodar tb.

Marcelonso disse...

É licito dizer que o problema de Button facilitou a vida de Rosberg, mas ainda assim não acredito que Button pudesse vencer. Como diria Cléber Machado "Hoje não..."

O campeonato começou bem equilibrado, nossa torcida é pra que continue assim...


abs